Monte Santo: Festa de Todos os Santos coincide com o dia da eleição

Na Bahia a mais tradicional acontece em Monte Santo que recebe romeiros de várias regiões do Nordeste.

Mesmo coincidindo com eleição para presidente no segundo turno, acontecerá normalmente a tradicional festa de Todos os Santos que reuni romeiros para subir o monte da Santa Cruz  em Monte Santo. Eles começam a chegar bem cedo e depois das três voltas ao redor da Igreja matriz, descem dos veículos e sobem o monte no ritual de pagar promessas.

À noite,  a prefeitura realizará a festa profana na praça de eventos. No ano passado, Zezé de Camargo e Luciano estiveram presentes e este ano a grande atração é o cantor sertanejo Daniel, seguido das bandas Parangolé e Seu Maxixe.

A festa de Monte Santo acontece desde o ano de 1875, quando o rei Apolônio de Todi comparou o atual Santuário da Santa Cruz e a Serra do Piquaraçá com o calvário de Jerusalém. No mesmo ano, frei Apolônio promoveu então a primeira caminhada com a participação de religiosos. Nos anos seguintes a caminhada ganhou novos adeptos e se tornou uma promoção religiosa de Monte Santo. No trajeto da caminhada encontram-se 25 pequenas capelas e, no cume do monte, numa altura de 500 metros, está instalado o Santuário da Santa Cruz.

Outra cidade do Nordeste que atrai romeiros de todo o Brasil para a festa de todos os santos é Juazeiro do Norte,  terra de Padre Cícero, estima-se que 600 mil pessoas visitem a cidade.

Por: Valdemí de Assis

comentários Esconder »
Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.
veja também Ver todos »
Segundo agência de notícias AFP, as vítimas eram dois bebês, de oito meses e dois anos, e a mãe de ambos. O esposo e sobrinho do Papa está internado em estado grave.
A missa foi de comemoração e de inicio de uma possível despedida da paróquia coiteense.
Segundo informações Marcos seria diplomado em medicina por uma faculdade da Bolívia, mas não passou na prova de revalidação do diploma no Brasil