fatos-policiais

domingo, 30 de janeiro de 2011 01:08

Pai mata filha de três meses por estrangulamento em Valente

O assassino, depois de cometer o crime ingeriu veneno para matar rato, foi hospitalizado e depois de recuperado foi preso.

Está preso na Delegacia de Polícia de Valente, o ajudante de pedreiro Rafael Santana Santos, 19 anos, residente na Avenida de Mexicano, na cidade de Valente. Ele confessou a polícia que matou por estrangulamento sua filha Geisyelen de Jesus Santos, de apenas três meses. O crime acorreu no sábado (29), por volta das 9h30 e a polícia militar ficou sabendo do ocorrido meia hora depois, prendendo o assassino em flagrante. Detalhe: os policiais foram chamados para atender a uma emergência para socorrer uma pessoa que havia ingerido veneno para matar rato, e para a surpresa de todos, quando a equipe médica, acompanhada da polícia chegou ao local, encontrou, além do homem que tentou suicídio, uma criança morta no colo da mãe.

Conheça a história – Rafael Santana Santos, que segundo a polícia é viciado em drogas, convivia com Alexandra Melo de Jesus, 18 anos, com quem teve dois filhos. Eles brigavam muito e em uma das brigas, Rafael Santana arremessou ao solo o seu primeiro filho, G.J.S., provocando politraumatismo e a criança ficou alguns dias internados em uma clínica em Conceição do Coité. Após a recuperação da criança, o caso tornou-se público e chegou ao conhecimento da justiça que o processou, e vinha respondendo pela tentativa de homicídio e maus tratos.

Depois deste fato, Alexandra Melo passou a morar na casa da mãe na Rua José Pacífico dos Santos, no bairro Hermiro Simões. Na noite de sexta-feira (28), Rafael chamou Alexandra para dormir na casa que ele tinha alugado e no único colchão do barraco, “ solteiro”, onde supostamente, dormiram os três. Ao acordarem na manhã de sábado, aconteceu outra briga entre o casal e Rafael vingou-se estrangulando a recém-nascida até a morte.

Depois do crime, pai e mãe, pegam a criança e levam no colo até a casa do avô paterno, localizada na localidade conhecida por DERBA, cerca de 03 km do local onde aconteceu a cena de terror e ao encontrar com o pai, Rafael pergunta se ele tem veneno para matar rato e com a resposta positiva ele pede um e ao receber, achando que o filho utilizaria realmente para “matar ratos”, viu  ingerir em sua frente, lhe deixando em desespero e na tentativa de salvar a vida do filho, recorreu  à emergência do Hospital Municipal de Valente e a polícia para prestar socorro. Quando a equipe  chegou ao local, encontrou Rafael Santana segurando a filha. Demonstrando frieza, ele disse à polícia que a filha que estava seu colo tinha sido morta por ele após discutir com sua companheira Sandra e a agredi-la fisicamente, sendo tomado de uma crise nervosa e com ele segurou a criança pedindo para ele parar de espancar, ele pegou a filha pelo pescoço apertando-o até matar.  Na foto registrada pela polícia, pode ser notada a violência.

Rafael também foi levado ao hospital recebendo os cuidados médico por causa do “veneno de rato” e depois encaminhado a Delegacia. Ele passa bem e deverá, após ser ouvido pelo delegado Jorge Umbelino, ficar preso no presídio de Serrinha.

Por Valdemí de Assis * colaborou sisalnews



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.