bahia

quinta-feira, 24 de março de 2011 23:52

Coelba corta energia de delegacias do interior por não pagarem contas

A segunda maior da cidade do estado, Feira de Santana, foi prejudicada - a 2ª Delegacia e a Delegacia Especializada no Combate ao Roubo de Cargas tiveram a luz cortada por volta das 4h da manhã.

Unidades das polícias Civil e Militar no interior do estado ficaram sem energia durante algumas horas nesta quinta-feira (24). Segundo a Assessoria de Comunicação da Secretaria da Segurança Pública (SSP), o fornecimento já foi restabelecido, após reunião com a Coelba.

A causa da interrupção foi o atraso no pagamento das contas. Ao “Acorda Cidade”, a gestora de atendimento da Companhia de Eletricidade da Bahia (Coelba), Conceição Aranha, disse que a SSP deve R$ 2 milhões em contas atrasadas. Em Brumado, segundo o “Brumado Notícias” a 20ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin) tem quatro meses de contas atrasadas.

A segunda maior da cidade do estado, Feira de Santana, foi prejudicada – a 2ª Delegacia e a Delegacia Especializada no Combate ao Roubo de Cargas tiveram a luz cortada por volta das 4h da manhã. Feira também teria quatro meses de débito, ultrapassando os R$ 50 mil. Funcionários da Coelba também foram no Complexo Policial Investigador Bandeira, onde há mais de 100 presos e funciona o Departamento de Polícia Técnica, dentre outros, e não cortaram a energia porque agentes de plantão impediram.

Em Canavieiras e Itamaraju, a energia não foi cortada por pouco – somente depois que os agentes prometeram que a conta seria paga.

A SSP disse que houve um problema no sistema interno da coorporação, que não detectou as contas em aberto, mas que o pagamento já foi autorizado. Em nota, também foi informado que o subsecretário da Segurança Pública, Ary Pereira de Oliveira, se reuniu com representantes da Coelba na sede da Polícia Civil (Piedade) para tomar as providências necessárias e que “o incidente não volte a ocorrer”.

Fonte: Correio



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.