capela-do-alto-alegre

sexta-feira, 25 de março de 2011 16:30

Governador retorna a Capela para inaugurar moderno Colégio

É a segunda vez em menos de um ano que o governador Jaques Wagner vai a cidade. A primeira, em maio do ano passado esteve inaugurando a estrada que liga Capela a Nova Fátima.

Governador, acompanhado do prefeito Nei e do secretário estadual de Educação Osvaldo Barreto visitam a sala de informática

O governador Jaques Wagner (PT) visitou no final da manhã de sexta-feira (25), pela segunda vez como chefe do executivo baiano, a cidade de Capela do Alto Alegre, no Território do Jacuípe A comitiva oficial chegou ás 11h e foi recebida festivamente pelos moradores na quadra poliesportiva da Escola Manoel Geraldo Carneiro, onde helicóptero aterrissou. Para o prefeito Claudinei  Xavier Novato (PCdoB) é motivo de alegria receber pela segunda vez em sua gestão, o governador Jaques Wagner. “No ano passado, mais precisamente no dia 08 de maio, ele veio inaugurar o asfaltamento da estrada que liga Capela a Nova Fátima, um sonho e um luta de todos nós aqui do município. Agora, ele retorna para entregar uma grande escola, que será sem dúvida, de muita importância para o nosso trabalho de educação”, declarou.

Localizada na Rua Lindolfo João Carneiro, a Escola tem capacidade para 960 alunos do Ensino Médio, distribuídos nos três turnos e atenderá os estudantes que frequentavam o Colégio Joaquim Machado, por meio de um convênio de cessão de sala com a Fundação Educacional Joaquim Machado. O nome da unidade escolar homenageia uma antiga educadora da cidade e foi escolhido mediante consulta na comunidade local.

O novo prédio conta com oito salas de aula, laboratório de informática, biblioteca, sala de vídeo, laboratório de ciências, banheiros adaptados para pessoas com deficiência física, rampas de acesso, quadra de esporte, entre outras instalações. O investimento foi de R$ 1,5 milhão.  “As instalações são excepcionais, com salas de aula amplas e bem ventiladas e separadas para diretoria, vice-diretoria, secretaria, para os professores e totalmente equipada com mobiliário novo”, relatou Dr. Nei, como é conhecido o prefeito.

Durante seu pronunciamento, o prefeito foi interrompido várias vezes pelo aplauso do público que lotou o pátio interno e por não ter mais espaço, ficaram muitas pessoas na área externa em frente à Escola. “Hoje é um dia de muita alegria, pois estamos entregando a comunidade à maior escola do município. São oito mil metros quadrados de área onde a escola está instalada e dois mil metros quadrado construída”, falou o prefeito.

A Escola foi oficializada de Colégio Estadual Zenilda Fernandes dos Santos Farias, em homenagem a Professora Zenilda, falecida recentemente e uma das principais educadoras da história de Capela do Alto Alegre. A pró Zenilda ou tia Zenilda, como era carinhosamente tratada pela imensa maioria dos seus ex-alunos, já que se encontrava aposentada há algum tempo e fazia parte de duas das principais e maiores famílias do município.

“Construímos esta escola com o coração e com alegria. Num período de pouco mais de um ano, 70 operários trabalharam aqui e não necessitaram viajar para os canaviais de Mato Grosso e São Paulo, ou mesmo para trabalhar nas praias do Rio de Janeiro, onde são obrigados a submetesse ao subemprego”, falou o prefeito. Demonstrando preocupação com emprego e renda, Dr. Nei declarou que a Prefeitura é a maior empregadora do município e neste período, a empresa ganhadora da licitação, ocupou a segunda posição.

Falando de política – De acordo com Claudinei Novato, as ações e esforço do governador Jaques Wagner pela melhoria da qualidade de vida dos capelenses foi reconhecida nas urnas, quando ele obteve 70% dos votos válidos, perdendo apenas para de Várzea do Poço, dentre os municípios do Território do Jacuípe. “Teve gente que votou contra o governador só para prejudicar o prefeito”, denunciou.

Ele disse também que depois de uma década sem um governador visitar a cidade de Capela do Alto Alegre, Wagner já esteve duas vezes em seu mandato. “Fica aqui, governador, o meu convite para o senhor comparecer no próximo ano, quando a comunidade completará cem anos de sua fundação”. Ele terminou seu pronunciamento reivindicando mais apoio da agricultura e a estrada que liga Capela a Pintadas.

Sobre o projeto de recuperação da BA-242, que interliga a cidade à Estrada do Feijão, o governador disse que está em andamento. “São 20 quilômetros que estão sendo orçados para o segundo semestre do ano. Como afirmei, estamos num momento de organização de recursos para potencializarmos ainda mais o crescimento da Bahia”.

Sobre a Escola – Durante seu discurso, o governador ressaltou que a educação é uma das prioridades centrais do Estado. “Prova disso é o nosso programa de alfabetização de adultos, o maior do país, Todos Pela Alfabetização. Através dele, um milhão de pessoas aprenderam a ler e a escrever. Vamos continuar investindo na reforma e construção de escolas e, sobretudo, na capacitação de professores”.

Disse também que ficou feliz quando soube que a escola foi batizada com o nome de uma pessoa que dedicou sua vida a educação. “Eu fico triste quando vejo o nome em uma escola de quem nunca fez nada pela educação”, falou Wagner. Ele provocou o secretário de educação a fazer um momento para rebatizar as escolas com os nomes de quem realmente fez pela educação.

“Achei o colégio muito bom, é bem amplo e equipado. Na outra unidade, como não tínhamos muito espaço, faltava o que fazer no intervalo e as aulas de educação física acabavam sendo bem repetitivas”, opina a estudante do 2º ano Deisiane Silva Santana, 16 anos, há sete na unidade. Quem também ficou empolgado com as novas instalações foi o estudante do 3º ano Jamedson Carneiro de Almeida, 16 anos.

Apaixonado por biologia, física e química, ele não vê a hora de ter as primeiras aulas no novo laboratório. “Eu sonhava estudar em uma escola que tivesse um laboratório de ciências e isso agora é uma realidade. Pena que este será o meu último ano”, diz o estudante, que também se animou ao ver as carteiras novas e o espaço físico maior.

De acordo com a diretora Juscelma Souza do Carmo Silva, o colégio ficou maravilhoso. “A população estava ansiosa para ver funcionando e a unidade tem sido ponto de visitação da comunidade”, conta.

O colégio atende a 650 alunos do ensino médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA), distribuídos nos três turnos. É a única unidade na cidade, que oferece o ensino médio. Por isso, além dos alunos da sede, atende a muita gente que vive nas localidades rurais no entorno do município, a exemplo de Ipiraí, Capelinha, Lagoa das Flores e Cajueiro. “No turno vespertino, 80% dos nossos alunos são da zona rural”, finalizou a professora Juscelma Souza.

Por: Valdemí de Assis / fotos: Raimundo Mascarenhas



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.