queimadas

terça-feira, 15 de março de 2011 09:51

Lavagem de Queimadas sofrerá modificações

A principal alteração será o desligamento do nome de Santo Antonio da festa profana

As principais mudanças ocorreram a pedido do vigário da cidade (camisa preta)

A tradicional festa da “Lavagem de Queimadas”, que acontece há 40 anos, deverá sofrer algumas alterações, conforme decisões tomadas durante uma reunião no final da tarde de segunda-feira (14), entre o prefeito Paulo Sérgio Brandão (PSDB), a secretaria de cultura e o padre Jucimário Pereira de Carvalho. Um das alterações é na mudança do nome da festa, conhecida por “Lavagem da Igreja de Santo Antonio de Queimadas”, que passará a ser chamada, já na divulgação nos cartazes, rádios e sites, de “Lavagem de Queimadas”.

Para o padre, a idéia não é acabar com a festa e sim fazer algumas modificações, dentro daquilo que a igreja entende ser importante. Ele cita, por exemplo, que não justifica a foto da imagem de Santo Antonio nos abadás dos blocos. “A imagem deve ser preservada, pois tem um significado”, afirmou o religioso.

Festa da família – Natural de Campo Formoso, padre Jucimário disse que ao chegar à cidade, teve a preocupação de conhecer a história da lavagem e ficou sabendo que o evento, antes de ser industrializada, era a festa da família, isto há 15 anos. “No inicio era uma festa pequena, com poucas barracas e hoje ela é grande e perdeu o sentido religioso”, preocupa o padre. “A lavagem mesmo é na manhã de segunda-feira, quando o padre e as beatas têm que lavar o pátio da igreja com muita urina, fezes, restos de cerveja”, lamentou o vigário.

Esta preocupação do vigário foi amenizada pela garantia da prefeitura, que no dia seguinte ao evento irá mandar lavar todo pátio. A igreja também teve outra reivindicação atendida. Solicitou uma atração religiosa católica e o prefeito Sérgio Bandão disse que já havia determinado que sua assessoria contratasse uma que seja referência nacional.

Trios – Este ano apenas o bloco Será que é Hoje? Irá desfilar nas ruas da cidade e com uma atração de renome, Xandy com o Harmônia do Samba. Preocupado com a potência dos trios elétricos e os estragos que tem feito na Igreja Matriz, no centro da cidade, pois nos anos anteriores eles ficavam parados na lateral do templo, enquanto “esquentava” os foliões para o longo percurso, este ano, vão ficar estacionado na área aberta da Praça do Vaqueiro, em frente da casa do padre. “Com o som potente, quebrava vidros e objetos eram derrubados dentro do templo”, contou.

Os trios também não irá subir “a colina”, ou seja, o trecho após a passagem da BA 120, onde fica as barracas e a pista dupla de acesso a igreja. “Com os trios próximos da igreja, sofremos os mesmos problemas enfrentados na matriz”, continua o padre.

Uma preocupação da comissão organizadora do evento é com o local exato onde o trio irá parar, pois coincide com a pista da BA 120, que deverá ficar interditada ou com o tráfego complicado. “Este assunto vamos tratar com a polícia rodoviária estadual”, afirmou Silúcia(dest), responsável pela coordenação do evento.

Valorização da cultura – A Secretaria da Cultura do município também apresentou o projeto da festa, quando promoverá uma feira de artesanatos e produtos da agricultura familiar no sábado, dia 28 de maio, para aproveitar o público que começa a chegar para o evento, haja vista que haverá também neste dia uma festa de camisas no estádio municipal.  “Estamos preparando peça para ornamentação de toda área da igreja, valorizando aquilo que é nosso, a esteira, o sisal, palhas de licuri, etc.”, informou uma das técnicas da SCM.

A prefeitura também esta montando uma grade com as bandas locais e atividades culturais juntos as comunidades da zona rural, para ocuparem todo tempo no palco que será armado na área do alto da igreja, até que cheguem ao local os trios. “Está era um reivindicação dos barraqueiros que iremos atender”, afirmou o prefeito Serginho.

O prefeito autorizou membros da sua equipe a fazer um orçamento sobre o custo do evento, principalmente a contração da infraestrutura e manter contato com o grupo musical “Seu Maxixe”, para ser a atração principal. “Não podemos esquecer os sanitários químicos, segurança, montar um posto de saúde no local, sinalizar bem o transito e a valorização da nossa cultura”, determinou Serginho aos seus auxiliares.

Ficou acertado também que o desfile cultural será ás 10h, assim com era no passado. Terão as alas das baianas, vaqueiros, motoqueiros e “tudo que tinha e ao longo do tempo foram acabando”, afirmou o prefeito que garantiu supervisionar pessoalmente os trabalhos, para que tudo dê certo.

Por: Valdemí de Assis



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.