geral

sexta-feira, 04 de março de 2011 02:49

Nenenzinho: trabalho e dedicação reconhecidos depois dos 80

Lançamento de livro, destaque nacional entre criadores de jumento de raça de primeira linha, receber equipe do Globo Rural em sua fazenda e homenagem da Comenda do Mérito Farmacêutico, marcaram os dois ultimos anos na vida de Nenenzinho.

Aos 85 anos recebe a maior honraria do Conselho Federal de Farmacia

O homem quando atinge a terceira idade, para muitos, vive a vegetar, pois é quando chega o cansaço, a doença, o desanimo, dentre outros males peculiares a velhice. Mas como tudo na vida, existe exceções, aqui citamos uma delas. João José de Oliveira, conhecido “Nenenzinho”, 85 anos, exemplo de força e vitalidade. Prefeito por dois mandatos no município de Valente-Bahia, muito trabalho prestado na vida pública, mas a sua grande satisfação pessoal parece está vivendo agora.

Os textos para o segundo livro ja foram escritos, falta tempo para concluir

O homem lúcido, inteligente e agradável, nos últimos dois anos viveu muitas emoções. A primeira grande realização foi lançar um livro em Salvador no Clube Espanhol, na oportunidade centenas de amigos de diversas regiões do estado foram adquirir a edição e levar seu autógrafo. E para quem pensou que foi o primeiro e último, se enganou. Segundo ele os textos já foram rascunhados, mas está lhe faltando tempo para organizar e preparar a segunda edição.

Na condição de destaque entre os maiores criadores de jumento da raça “Pêga” foi convidado para receber um prêmio em Belo Horizonte. Também pela criação do animal, recentemente recebeu a visita em sua fazenda de uma equipe do Globo Rural. Tambem no setor agropecuário se destaca entre os maiores criadores do Brasil da raça de ovinos Santa Inês.  Mas a sua maior realização pessoal foi em janeiro deste ano, quando foi convidado pelo Conselho Federal de Farmácia (CFF) para ir a Brasília, receber a Comenda do Mérito Farmacêutico. A solenidade aconteceu dia 20 de janeiro, dia do farmacêutico, no auditório do Memorial JK para uma platéia de mais de quinhentos convidados para assistirem a entrega do Mérito a 27 pessoas de vários estados brasileiros, dentre eles o baiano de Valente, “Nenenzinho”.

Na oportunidade, farmacêuticos, autoridades e personalidades ligadas à área da Saúde foram homenageados com a Comenda, considerada a maior honraria concedida no setor farmacêutico, no Brasil, e foi criada, em 1998, por Resolução do CFF para homenagear pessoas que colaboraram para o engrandecimento da profissão, ou que contribuíram para o desenvolvimento da saúde, no País. É constituída de uma medalha e um diploma, e entregue a pessoas de todas as Unidades da Federação indicadas por Conselheiros Federais cujos nomes foram aprovados pelo Plenário do CFF.

Muitos podem está se perguntando. O que Nenenzinho tem a ver com esta área? Leia abaixo o que motivou o CFF a lhe entregar tamanha homenagem.

Nota-se que foi algo novo, o que eles classificaram como provisionado e merecedor da honraria.

A equipe CN fez uma visita ao escritório de João José em Valente e ele mostrou o album de fotos,  exibiu com muito orgulho a medalha e o certificado, inclusive seu filho ilustre, Aroldo Cedraz de Oliveira, ministro do Tribunal de Contas da União foi quem fez a entrega.
“Fiquei muito feliz, porque foi uma homenagem que pouca gente recebeu, minha vida foi de trabalho, não merecia tanto, mas vem pra coroar minha atuação de muita luta em prol das pessoas mais sofridas” disse Nenenzinho.
Ainda segundo o homenageado, este reconhecimento foi graças à indicação do Conselho Estadual de Farmácia, pois ele tem uma longa historia e inclusive no ano de 1941 já recebia do Conselho estadual uma homenagem juntamente com Irmã Dulce.

“Essa homenagem eu divido com Valente, pois foi onde tudo começou. Iniciei com uma pequena farmácia antes da segunda guerra mundial, aqui tudo era pobreza, faltava tudo! Para exemplificar melhor, ninguém tinha duas calças” falou.

Nenenzinho conta que, o que mais marcou dentre milhares de atendimentos, foi quando uma maquina de sisal decepou a mão de um homem conhecido por Zé Gago, na ocasião estava sendo criada a primeira fabrica de sisal do Brasil. “Poucos anos depois, estava na minha farmácia, quando vi um monte de homens vindo em minha direção com um rapaz carregado nos ombros e outros com parte do seu braço que havia sido mutilado pela maquina. Coloquei-o no chão e eu sozinho fazia o procedimento de estancar o sangue aplicar um antitetânico para salvar a vida da pessoa, depois disso pedi a transferência para Salvador, em cima de um caminhão, único transporte da época. Daí veio muitos e muitos atendimentos de mordidas de cobra, insetos, acidentes diversos, partos, enfim minha farmácia funcionava como hospital.

Momento da ligação para avisar da homenagem – Nenzinho disse não ter acreditado, achou que fosse trote. O telefone tocou e era uma pessoa do conselho, que me falou da indicação do meu nome para receber a comenda, disse que estava enviando passagens para ele e sua família, hotel reservado, ele então ligou para um neto para que verificasse a veracidade do convite e posteriormente foi confirmado. “Depois, Aroldo Cedraz me ligou  dizendo “papai se prepare, que senhor irá receber uma homenagem maior de todas que eu já recebi”, Foi ai que me preparei para a viagem” finalizou.

Homenageados com a Comenda do Mérito Farmacêutico 2011
Sr. João José de Oliveira
Oficial de Farmácia (Bahia)
Dr. Luiz Augusto Batista
Farmacêutico-bioquímico (Acre)
Dr. José Arrais Onofre
Farmacêutico-bioquímico (Alagoas)
Dr. Antonio Benedito Pereira
Farmacêutico-bioquímico (Amapá)
Dr. Aluysio de Albuquerque Silva Junior
Farmacêutico-bioquímico (Amazonas)
Dr. Eustáquio Linhares Borges
Farmacêutico-bioquímico (Bahia)
Dra. Solange Cecília Cavalcante Dantas
Farmacêutica (Ceará)
Prof.ª Dra. Patricia Medeiros de Souza
Farmacêutica (Distrito Federal)
Dr. Henrique Tommasi Netto
Farmacêutico-químico (Espírito Santo)
Dra. Nara Luiza de Oliveira
Farmacêutica (Goiás)
Prof.ª Maria José Luna dos Santos da Silva Farmacêutica-bioquímica (Maranhão)
Dr. Silas Paulo Resende Gouveia
Farmacêutico-bioquímico (Minas Gerais)
Dr. Valmir Vasques Loureiro – In Memoriam Farmacêutico-bioquímico (Mato Grosso do Sul)
Dra. Jandira Nassarden Corrêa – In Memoriam Farmacêutica-bioquímica (Mato Grosso)
Dr. Celso de Souza Matos
Farmacêutico-bioquímico (Pará)
Prof. Dr. Josimar dos Santos Medeiros
Farmacêutico-bioquímico (Paraíba)
Prof.ª. Dra. Miracy Muniz de Albuquerque Farmacêutica (Pernambuco)
Prof.ª Dra. Maria do Rosário Conceição Moura Nunes Farmacêutica-bioquímica (Piauí)
Dra. Maria Aída Meda
Farmacêutica-bioquímica e industrial (Paraná)
Dr. Mario Teixeira Antonio
Farmacêutico-bioquímico (Rio de Janeiro)
Prof.ª Tereza Neuma de Souza Brito
Farmacêutica-bioquímica (Rio Grande do Norte)
Dr. José Ribamar de Araújo
Farmacêutico (Rondônia)
Dra. Maria de Almeida Alves
Farmacêutica-bioquímica (Roraima)
Dr. José Rosito Filho
Farmacêutico-químico (Rio Grande do Sul)
Prof. José Miguel do Nascimento Júnior
Farmacêutico-bioquímico (Santa Catarina)
Prof. Dr. Alexandre Sherlley Casimiro Onofre Farmacêutico-bioquímico (Sergipe)
Prof. Marco Aurélio Pereira
Farmacêutico (São Paulo)
Dr. José Batista de Rezende
Farmacêutico (Tocantins)

Vencedores do Prêmio Jayme Torres:
Categoria: Farmacêutico
1º Lugar – Marcos Rondon e Marney Cereda Título do trabalho – “Valorização do mel em ecossistemas frágeis:
Implantação de denominação de origem controlada com comunidades do interior do Mato Grosso do Sul”.

2º Lugar – Marcelo do Nascimento Gomes, Bruno Júnior Neves, Edvande Xavier dos Santos Filho, Flávia Cristina da Silva, Rodrigo Luis Taminato, Cristiane Karla Caetano Fernandes e Ane Rosalina Trento Título do trabalho – “Importância da assistência farmacêutica para usuários de suplementos alimentares praticantes de atividades físicas em São Luis de Montes Belos (GO)”

Categoria: Estudante
Vencedor(es): Daniele Tavares Vieira da Silva, Raquel de Castro Trindade, Cristhiane Moura Falavina dos Reis, Sylvia Eileen Cartes Cabezas e Érica Louro da Fonseca.
Título do trabalho: “Ocorrência de Listeria Monocytogenes em queijo do tipo minas frescal comercializado na cidade de Barra Mansa (RJ)”.

Por: Raimundo Mascarenhas



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.