geral

terça-feira, 08 de março de 2011 19:46

São José do Jacuípe: Dona Isabel, lavradora com muito amor

A história de uma mulher que não tem vergonha de ser trabalhadora rural e foi uma das homenageadas na Câmara de Vereadores de São José do Jacuípe

Isabel esbanja felicidade ao receber homenagem

Isabel tem 58 anos e passou muitos deles trabalhando na roça. Ela se diz lavradora, mas na verdade é uma batalhadora do Sertão da Bahia. Durante a Sessão Solene em homenagem às mulheres de São do José do Jacuípe foi uma das 11 mulheres que recebeu o carinho e admiração da comunidade, na noite desta segunda-feira (07), véspera do Dia Internacional da Mulher.

“Quando eu ainda trabalhava na roça com meu companheiro eu terminava o serviço primeiro e voltava ajudando, mas no dia do pagamento eu recebia 8 e ele 15 reais”, contou Isabel. Esta constatação de Dona Isabel está presente na vida das mulheres brasileiras e de outros cantos do mundo.

Neusa recebe o carinho de uma aposentada feliz pela homenagem deste 8 de março

As mulheres da União Europeia ganham em média, menos 17,5 por cento do que os homens ao longo da vida, indicam dados divulgados pela Comissão Europeia. Na semana passada, a professora da Unicamp Emma Siliprandi, falou à Rádio ONU, em Nova York, sobre a situação brasileira. Segundo ela aqui ainda é pior que na Europa. “Da renda média que as mulheres recebem, no trabalho assalariado, corresponde a 70% da renda dos homens. Acesso a bens, como propriedades, como capital, a postos de comando, seja nas empresas, no setor público, é infinitamente menor. Por esses números, a gente vê que ainda há muita coisa a ser feita no Brasil”, afirmou. Para a deputada estadual Neusa Cadore (PT/BA), que participou do evento em São José do Jacuípe, esta realidade precisa ser mudada.

Desafios – Durante seu pronunciamento a deputada Neusa sugeriu a criação do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e fez uma reflexão sobre três desafios para os próximos anos no Brasil: criar mecanismo para equiparar os direitos de homens e mulheres no trabalho; construir a participação feminina nos espaços políticos e de decisão; e, combater a violência doméstica contra a mulher.

O presidente da Câmara, vereador Luciano Rios, aceitou a proposta da deputada e vai iniciar o processo de criação do conselho. Ele disse que a ideia é viável e será um importante espaço de debates para sociedade jacuipense.

Participaram do encontro os vereadores Luciano, Joaquim Vilaronga e José Oliveira; a ex-vereadora Florisbete que também foi homenageada como única mulher a ocupar um cargo eletivo no município; a Primeira Dama Maria das Dores e o prefeito Antônio Almeida, além de diversas mulheres da comunidade local.

Saiba mais – São José do Jacuípe é um pequeno município do Território da Bacia do Jacuípe. Segundo o IBGE (2010) a população é de 10.213 habitantes, sendo 5.115 homens e 5.098 mulheres,e a área chega a 406,03 km2.

Texto e fotos: Paulo Marcos

Ascom Neusa Cadore

Fotos: http://www.flickr.com/photos/deputadaneusa

Mais informações: www.neusanaweb.com.br



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.