barrocas

sexta-feira, 15 de abril de 2011 16:40

Aluna é ferida com tesoura por colega em Colégio de Barrocas

A professora Karina bastante abalada conta que nos seus 18 anos de profissão nunca viu nada igual: “foi uma cena horrível” disse. Tudo aconteceu na sala 7, onde 24 alunos estudam a 7ª série.

O caso saiu da sala de aula e foi parar na Delegacia, quando por volta das 08h desta sexta-feira no Colégio Municipal de Barrocas uma estudante que não teve sua identidade revelada desferiu várias “tesouradas” contra uma colega.

De acordo com o site Jornal a Nossa Voz, a experiente e graduada professora Karina, desenvolvia a sua aula, quando uma adolescente de posse de uma tesoura, agrediu uma colega em plena sala. Segundo informações de outros alunos que estavam na sala, e menor sequer discutiu com a colega, e já foi deferindo vários golpes no rosto da vítima que estava sentada.

O episódio criou um clima de tensão no maior colégio municipal da cidade, a todo o momento chegava à secretaria alunas chorando bastante, várias delas tiveram que ser liberadas outras foram atendidas no hospital. Além dos alunos a situação afetou professores e a direção que tentava a todo o momento acalmar os estudantes.

A professora Karina bastante abalada conta que nos seus 18 anos de profissão nunca viu nada igual: “foi uma cena horrível” disse. Tudo aconteceu na sala 7, onde 24 alunos estudam a 7ª série.

A situação só não foi ainda pior, porque a senhora Licinha que trabalha na cantina ao ouvir a gritaria foi até a sala e segurou à menor, logo depois um guarda municipal de pré Robério que trabalha na escola também chegou a ajudou.

A menor vítima de agressão foi socorrida pela Polícia Militar e levada até o Hospital Municipal, E. de 14 anos , teve ferimentos no rosto e no braço, devido ao corte profundo na testa , levou 5 pontos.

Depois de ser atendida no Hospital ela foi levada para ser ouvida na Delegacia, lá a menor acusada de agressão também se encontrava, acompanhada por uma conselheira tutelar.

A professora Cássia que foi à delegacia, ao ver as duas alunas disse: “Eu não entendo essa situação, porque vocês são amigas”, ainda segundo a professora de Educação Física, as meninas costumam fazer trabalhos escolares juntas e são amigas.

Informações colhidas no colégio indicam que a agressão foi motivada por ciúmes, a menor V. namorava um aluno da escola que era muito amigo de E.

O rapaz, que teria sido o motivo da agressão, disse que não tinha nada a ver, e que a menina é sua ex-namorada. O menor também foi à delegacia.

É preocupante ver a crescente violência que tem atingindo todo país, o agravante é que ultimamente um local tido até então como seguro também começa a ser tomado pela violência. Depois da tragédia na Escola em Realengo RJ a sociedade está preocupada, pais e mães já não ficam tranquilas ao deixar os filhos na escola. Este fato do Rio só chamou a atenção pela forma bárbara que aconteceu, mas há algum tempo as escolas sofrem com a violência.

Por Rubenilson Nogueira



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.