conceicao-do-coite

domingo, 24 de abril de 2011 22:19

Em depoimento, pai disse que abusou da filha de três anos.

Paulo disse não saber o que passou em sua cabeça para chegar ao ponto de abusar da filha. “Eu não sei como fiz aquilo”, falou cabisbaixo.

Paulo Simões Nascimento, 42 anos, morador do distrito de Salgadália – Conceição do Coité, está preso desde quinta-feira, 21, depois de ser flagrado pela esposa, abusando sexualmente da filha de apenas três anos de idade. O acusado, minutos depois de ter sido preso no posto policial do distrito e sob efeito de bebida alcoólica negou ter praticado o abuso contra a filha, segundo ele não passava de acusação da esposa, jurou por tudo que não havia praticado atos sexuais contra a criança.

Mas a versão atual é diferente, hoje, se encontra detido na delegacia de Conceição do Coité e no sábado (23) foi entrevistado pelo CN e pela equipe do programa Se Liga Bocão da TV Itapoan, assumindo que realmente havia praticado o ato. Ele disse que não realizou penetração, mas que havia esfregado seu órgão genital na garota.

Salgadália: pai é preso acusado de abusar filha de três anos

A esposa de Nascimento, Laurinete Mateus do Rosário, que flagrou o momento que ele estava sem roupa com a filha, desmaiou diante do que viu, mas ao ser entrevistada, disse que o choque foi maior por não acreditar que aquele homem tão dedicado e amoroso com a filha pudesse praticar um crime daquele tipo. “Apesar de a gente ficar um tempo separado, ele sempre deu a pensão da menina, inclusive ajudou na compra dos alimentos do almoço de hoje (quinta-feira santa) mesmo sem ter recebido o dinheiro da semana, ele tomou R$ 10 emprestado a um amigo e comprou o dendê para a comida”, afirmou.

Paulo disse não saber o que passou em sua cabeça para chegar ao ponto de abusar da filha. “Eu não sei como fiz aquilo”, falou cabisbaixo.

Por: Raimundo Mascarenhas

 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.