conceicao-do-coite

quarta-feira, 20 de abril de 2011 23:27

Homem que assaltou farmácia em Coité se entrega a polícia

Natural de Conceição do Coité, Rodrigo morou na cidade mineira de Brasilândia por vinte anos e está de volta a poucomais de um ano.

A Polícia Civil de Coité apresentou a imprensa  no inicio da noite desta quarta-feira (20), Rodrigo  Souza Oliveira, 21 anos, residente no bairro do Açudinho, próximo ao CAIC. Ele se entregou espontâneamente após ser reconhecido por uma tia de pré-nome Nilzete, como o homem que aparecia nas imagens do assalto a Farmácia Junior, situado a Rua Floriano Peixoto, no sábado (16).

Assim que identificou o sobrinho, Nilzete comunicou o fato ao irmão Roberto Souza, que chamou o filho e convenceu a se entregar. Rodrigo, conhecido por Tito, chegou à delegacia ás 18h acompanhado do pai, da tia e de um primo conhecido por Fábio. “Estava bebendo e tinha fumado um baseado antes de praticar o assalto. Sou viciado em maconha e não vivo sem fumar”, confessou.

Ele disse também que saiu de casa determinado a praticar o assalto e após o ato foi até um bar  e passou o resto da tarde e boa parte da noite do sábado bebendo. Falou também que não se preocupou em ser reconhecido pela polícia e ficou com a mesma roupa e com o boné que foi filmado.

A convite, Rodrigo foi até a sala do delegado ver as imagens do momento do assalto praticado por ele

Rodrigo Souza viu a reportagem publicada no CN no computador da delegacia e admitiu que estava ‘doido’ pra beber e estava sem dinheiro. As imagens, gravadas por câmeras de segurança, mostravam o momento em que ele, usando camisa azul, calça jeans, tênis e boné branco, entrou na farmácia com uma faca na mão, rendeu a única funcionária presente no momento e levou R$ 80 que se encontrava na gaveta do caixa.

Natural de Conceição do Coité, Rodrigo morou na cidade mineira de Brasilândia por vinte anos. Ele chegou a Coité em dezembro de 2010 e estava trabalhando com ajudante de serviços gerais e pouco saia de casa, estando inclusive frequentando a Igreja Quadrangular.

Segundo o delegado Gustavo Coutinho, ele será enquadrado como roubo e ameaças. O fato de ter se apresentado pode contribuir para diminuir a pena. “Vamos ouvir e encaminhar para autoridade processante” declarou. Ele agradeceu ao CN pela parceria com a polícia e a importância das pessoas colaborarem com as investigações com as denúncias e, garantiu Coutinho, as identidades dos denunciantes serão preservadas.

Exemplo de dignidade – A forma como chegou o rapaz para se apresentar espontâneamente acompanhado do pai e dos demais mebros da família chamou a atenção da imprensa e do próprio delegado, segundo ele foi uma situação muito rara, o pai levar o próprio filho para ser preso e entregar na delegacia dizendo que o mesmo tem que ficar lá para pagar pelo erro. O acusado do roubo sempre cabisbaixo disse que pela primeira vez viu o pai chorar. Apesar de revelar ser viciado em maconha disse que irá deixar de usar fazendo todo seu esforço e contado com a ajuda da igreja que vinha frequentando.

Por: Valdemí de Assis / fotos: Raimundo Mascarenhas

Polícia divulga imagens de assalto à farmácia em Coité



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.