conceicao-do-coite

segunda-feira, 04 de abril de 2011 21:51

Polícia Civil de Coité recupera caminhão furtado há 9 anos

O veículo foi furtado em 21/01/2002 e recuperado em 21/03/2011

José Francisco agradeceu o empenho da Policia Civil. Deraldo a sua direita e o delegado Gustavo Coutinho

Há um dito popular que diz “o que é do homem o bicho do come”, o ditado parece ter dado certinho para José Francisco Paiva, 58 anos, morador da Avenida Riacho Azul, s/n – Rancho do Paiva no município de Dias D’ávila. Ele foi comunicado através da Policia Civil de Coité de que seu caminhão Ford F-4000 placa JMY 8948, ano e modelo 82 que foi furtado em 21/01/2002 havia sido recuperado numa comunidade rural de Coité.

O proprietário do veículo comemorou bastante a notícia e veio a Conceição do Coité buscar seu carro. Paiva relatou ao CN que ele havia comprado a F-4000 por aproximadamente R$ 15 mil na época, com o objetivo de ajudar a o amigo (Antônio) que estava desempregado e que o mesmo fosse trabalhando e pagando a ele como pudesse, para depois disso ficar com o carro em definitivo, ”mas infelizmente o veículo foi furtado depois de 90 dias de comprado. Antônio parou em um posto para almoçar e quando retornou o carro não estava”, declarou Paiva.

Disse também que teve esperança em recuperar o caminhão e lutou para isso até um ano, quando não havia nenhuma pista desistiu.

Paiva disse que a alegria poderia ter sido ainda maior se o amigo Antônio não tivesse partido para enternidade

De acordo com Deraldo Júlio coordenador do Serviço de Investigação (SI) a Delegacia de Coité foi informada a cerca de três semanas que havia um

caminhão de procedencia duvidosa numa comunidade rural (não revelou qual nem com quem estava) e uma equipe foi até o local e constatou a veracidade do fato. Ao realizar uma busca junto a INFOSEG, concluiu que a

F-4000 estava realmente em nome de José Francisco Paiva, mas havia sido mudado o numero do chassi e a cor. Quando ocorreu o furto a cabine era de cor bege, e atualmente está pintada de branco, mas é possível notar  que o bege foi coberto pelo branco, pois é pode ser visto na porta do motorista.

Deraldo disse que teve dificuldade para localizar José Paiva, pois, ele morador de um distrito em Dias D’ávila e a queixa  registrada em Camaçari dificultou bastante, “os números de telefones para contato também já não existiam , mas continuei tentando, mantive contatos com as delegacias de Camaçari até que conseguimos chegar a José” disse Júlio.

Por volta do meio dia desta segunda-feira, Francisco Paiva finalmente teve posse do seu carro, disse que pelo tempo, até que não estava muito maltratado. Falou também que a pessoa que ele quis ajudar e que sofreu com a perda na época já deixou esse mundo vitima de infarto.

Muito contente, disse que o trabalho dos agentes, representado por Deraldo Júlio e do delegado Gustavo Ameno Coutinho foi muito importante, principalmente na insistência em tentar localizá-lo.

Por: Raimundo Mascarenhas

 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.