bahia

domingo, 31 de julho de 2011 18:23

Aderbal e Fátima Nunes dizem que estão na luta pela recuperação da estrada Biritinga/Nova Soure

A rodovia em boas condições de trafego facilitaria o acesso ao interior de Sergipe

Com a recuperação do trecho da BA-233, que liga Biritinga ao entroncamento da BR-116, próximo à cidade de Serrinha, com 21,5 km de extensão, os deputados votados voltam suas atenções para conclusão das obras até a cidade de Nova Soure, a 60 km.

Aos 68 anos de idade, o veterano político que iniciou a vida pública em 1967 como vereador de Olindina, onde foi vice-prefeito e depois  prefeito, Aderbal Caldas, que está no quarto mandato de deputado estadual e tem com prioridade de mandato a luta pela conclusão desta estrada que considera de muita importância, pois encurta a distância das pessoas que viajam para os estados do nordeste, tomando como base a cidade de Serrinha. “Esta estrada tem uma importância nacional”, disse Caldas ao CN.

Outra preocupação do parlamentar é com a segurança, pois como está no momento, tem contribuído para aumentar o número de assalto. O parlamentar conversou com o governador Jaques Wagner durante a visita que fez a cidade de Cipó e o mesmo garantiu que esta obra deverá ser realizada entre o final deste ano e inicio de 2012, deixando animado que o problema será resolvido.

A situação engana – Para os motoristas menos avisados, o acesso da BA 084, para quem sai de Nova Soure, se anima pelos três quilômetros de asfalto novo e de qualidade na área urbana que margeia a cidade. Dai em diante tudo é sofrimento.

Os motoristas encontraram uma forma de driblar os buracos, criando uma estrada paralela com 7,5 km, até o cruzamento com a estrada vicinal que liga ao Povoado do Raso, seguindo para Sátiro Dias.

 

Ao longo do trajeto são visíveis os restos de asfalto que foram arrancados pelas patrol do DERBA, com objetivo de melhor o trecho, sem os profundos buracos abertos com o passar do tempo. A intenção de melhor deixando em situação de estrada encascalhada, até que valeu e em alguns trechos foi possível à unidade de reportagem do CN viajar a 80 km/hora.

Da cidade de Nova Soure até o acesso a Comunidade do Quererá, ligando a cidade de Araci, num percurso de 18,5 km, é possível observar muitas propriedades de agricultores famílias. Dai em diante, há uma grande área deserta, sem moradores, facilitando as ações dos ladrões, pela facilidade de fuga.

Quando se aproxima do município de Sátiro Dias, a área volta ser habitada por integrantes do movimento de reforma agrária, onde existe vários assentamentos.

Um dos piores trechos, está á 10k de Biritinga, os veículos não conseguem andar 40km/h, pois ainda existe resto do asfalto totalmente esburacado.

Esta situação levou a deputada Fátima Nunes (PT), natural de Paripiranga e com residência na cidade de Cicero Dantas, a protocolar na Secretaria da Assembléia, uma indicação para o governo agilizar esta obra, pois tem conhecimento que se encontra em situação bastante precária, com a pavimentação precisando de uma ação imediata para a sua recuperação. A deputada quer que sejam liberados os recursos para a recuperação asfáltica deste trecho. 

Segundo a parlamentar o caos em que se encontra a rodovia promove vários prejuízos para a população, além de sérios riscos de acidentes a todos que por ali passam e uma grande dificuldade de escoamento da produção, o que traz sérios prejuízos econômicos para os municípios.

Fátima Nunes falou ao CN que o atual estado da rodovia tem prejudicado de forma bastante consistente o acesso a outros troncos rodoviários, inclusive com a suspensão de algumas empresas de transporte devido à impossibilidade de tráfego e os constantes assaltos ocorridos, facilitados pelas condições das estradas. A parlamentar lembrou esta situação, mais uma vez, ao governador Jaques Wagner durante o ato de inauguração do trecho Biritinga/Serrinha.

Concluir o que começou – Segundo o secretário de Infraestrutura do Estado, Otto Alencar, a determinação do governador Wagner é concluir todas as obras iniciadas e só depois iniciar outras. “Nós vamos fazer esta estrada agora, porém vamos concluir aquelas que estão em andamento”, afirmou Alencar.

 Por: Valdemí de Assis / fotos: Raimundo Mascarenhas



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.