educacao

quarta-feira, 06 de julho de 2011 14:30

Alunos de Monte Santo aprendem novas tecnologias oferecidas pela EBDA

O objetivo foi conhecer de perto as atividades de campo e as novas tecnologias desenvolvidas pela empresa nas áreas da pecuária e agricultura.

Uma turma de 50 alunos do curso Técnico Agropecuário da escola de nível médio Família de Monte Santo, no município de Monte Santo, teve um dia diferente em suas atividades acadêmicas, nesta quarta-feira (6). Eles visitaram a Estação Experimental da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), instalada em Pilar. O objetivo foi conhecer de perto as atividades de campo e as novas tecnologias desenvolvidas pela empresa nas áreas da pecuária e agricultura, disponibilizadas principalmente aos agricultores familiares do estado.

Durante as explanações e aulas práticas, os técnicos da EBDA, órgão vinculado à Secretaria da Agricultura (Seagri), apresentaram aos alunos conhecimentos de produção e melhoramento genético por meio da técnica de inseminação artificial em caprinos e ovinos das raças Anglonubiana, Dorper e Santa Inês, palma forrageira para alimentação animal, preservação do bioma caatinga, resultados exitosos com pesquisas na fruticultura café, banana, caju, produção de mudas de umbu-gigante e cajá, dentre outras.

Para o aluno Pedro Barbosa, 16 anos, os conhecimentos adquiridos na Estação Experimental serão importante para suas atividades profissionais. “Sou filho de agricultores e com as técnicas e tecnologias que aprendi nessa aula prática, posso utilizar na nossa propriedade, principalmente aquelas voltadas ao melhoramento genético dos caprinos e ovinos e sua alimentação, pois meu pai é um tradicional criador desses animais”.

Amanda da Anunciação, 15, ficou impressionada com as variedades da cultura de pouca característica do semiárido que a EBDA está implantando na região, a exemplo do café. “Nunca imaginei que essa cultura poderia se adaptar ao nosso solo e clima. No início foi um impacto, mas agora que sei da possibilidade de termos café em nossa região, quero me especializar nessa área e, quem sabe, em breve tomar um cafezinho plantado e produzido por mim”.

 

Fonte: Secom



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.