biritinga

sábado, 16 de julho de 2011 22:26

Governador inaugura estrada Serrinha/Biritinga

O trecho corresponde a 21,50 km de estensão. A luta agora é a recuiperação total de Biritinga a Nova Soure que são mais 61 km

O governador Jaques Wagner inaugurou na manhã de sábado (16), a recuperação do trecho da BA-233, que liga Biritinga ao entroncamento da BR-116, próximo a cidade de Serrinha, com 21,5 km de extensão.

Acompanhado do vice-governador e secretário de Infraestrutura, Otto Alencar, Wagner descerrou a placa de inauguração e seguiu em carreata para Praça 23 de Abril, onde assistiu apresentação de filarmônica e uma roda de capoeira por jovens da comunidade.

Ao falar para o CN, o governador disse que a estrada Biritinga/Serrinha, como todas que foram construídas nos seus quatro anos e seis meses de governo, tem durabilidade e são bem feitas. “Sei o que isso significa para este povo de Biritinga, que estava praticamente isolado”, disse o governador e na oportunidade, também informou que primeiro fez o trecho que tem mais circulação de pessoas, que vai até Serrinha. “Espero que no início do próximo ano, possamos completar o outro trecho que vai até Nova Soure”, disse o governador.

Aproximadamente 150 mil pessoas da região foram beneficiadas com a obra orçada em mais de R$ 10 milhões.

Durante a solenidade, Wagner anunciou a construção do acesso do centro da cidade ao contorno da BA-233, orçada em R$ 767,81 mil e abrange a duplicação do trecho e uma rotatória, além da elaboração do projeto para melhorias de mais estradas na região, como o cascalhamento do trecho entre Biritinga/ Água Fria, passando pelo Distrito de Pataíba.

Qualidade da obra – Construída pela empresa Leão Engenharia, os 21,5 quilômetros da rodovia, segundo o engenheiro Rodrigo Teixeira, foram restaurados e pavimentados com dupla camada de asfalto, ou seja, com tratamento superficial duplo (TSD), o que garante maior durabilidade do pavimento. Estima-se que 450 veículos trafeguem pela via todos os dias.

Com investimento de aproximadamente R$ 10 milhões, a nova estrada, além de proporcionar mais segurança aos motoristas, contribui para alavancar a economia da região, baseada na agricultura, exploração de petróleo e pecuária.

O evento foi prestigiado pelo diretor da Leão Engenharia Ivanildo Alves e Teixeira da Augúrio, empresa parceira.

A obra irá beneficiar muitos agricultores familiares que residem nas comunidades às margens da estrada, em especial no município de Serrinha, a quem pertence o maior trecho da rodovia. Reginaldo de Jesus Santos, residente em Biritinga, motorista há 30 anos, pelas estradas da região, disse ao CN que é motivador dirigir numa estrada boa. “Isso para nós é uma riqueza, uma bênção. Sofremos muito com a buraqueira e, hoje, graças a Deus estamos sobre um tapete preto como esse”.

Santos disse também que a nova estrada proporciona mais agilidade no transporte de produtos e mais economia na manutenção do veículo. “Num instante a gente desloca de uma cidade para a outra. Eu faço manutenção na camionete a cada seis meses e já está muito bom”.

Localizado no Território de Identidade do Sisal, Biritinga tem como principais atividades econômicas a agricultura, a pecuária e a exploração de petróleo. Os comerciantes de Biritinga também estão otimistas com os investimentos realizados e os previstos para a região. Há poucos meses, Zuleide Gomes da Silva, montou uma loja de materiais para construção na cidade. Otimista com o novo negócio, a expectativa da microempresária é que o movimento de clientes melhore ainda mais. “O asfalto é um cartão-postal. Ao saber que a estrada está recuperada, até nossos entregadores têm prazer em trazer material pra gente”.

Para o vice-governador e secretário de Infraestrutura, Otto Alencar, o trabalho realizado pelo governo no setor das estradas tem dado bons resultados e de modo especial no escoamento da produção baiana.

Esforço do ex-deputado Emério Resedá – Todas as vezes que foi citado o nome do ex-deputado Emério Resedá (PDT), primeiro pelo prefeito Gilmário Souza de Oliveira (PDT), depois pelo vice-governador Otto Alencar (PSD) e por último, por Wagner, a comunidade respondia com aplausos. Para o CN, Resedá lembrou que foi uma luta para ver concretizada esta obra. “Começamos no governo de Paulo Souto, que iniciou e não concluiu. Assim que o governador Wagner tomou posse, passei a fazer parte da base aliada, firmei com ele este compromisso e por fim, ao levar pela primeira vez o prefeito Gil a ele, voltamos a tratar do assunto e ele reforçou o compromisso”, lembrou o ex-parlamentar.

Emério disse ainda que foram quatro anos de cobrança da comunidade e no último ano do primeiro mandato do governador Wagner, quando o deputado João Leão estava à frente da Secretaria de Infraestrutura, articulou uma visita à região e as obras iniciaram e, “graças da Deus estamos vendo o resultado”, concluiu Emério Resedá.

Deputada Fátima Nunes quer a estrada até Nova Soure – A deputada Fátima Nunes (PT), a terceira mais votada na eleição de 2010 em Biritinga, com 446 votos, disse ao CN que ficou satisfeita com a inauguração deste trecho entre Serrinha/Biritinga, porém quer que chegue até Nova Soure e apresentou, assim que tomou posse para seu terceiro mandato na Assembléia Legislativa, uma indicação ao governador Jaques Wagner, solicitando a recuperação asfáltica da BA 084 que interliga os municípios de Nova Soure a Biritinga. Na indicação Nº 18.355/2011.

Fatima relatou a situação precária desta rodovia, necessitando de uma ação imediata para a sua recuperação.  “O caos em que se encontra esta rodovia, vem causando vários prejuízos para a população destes municípios e das pessoas que necessitam transitar para resolver seus problemas, além de sérios riscos de acidente a todos transeuntes, dificuldade de escoamento da produção, o que traz sérios prejuízos econômicos para os municípios”.

Esta estrada é muito importante por diminuir pela metade a distancia de Serrinha a BR 110 por Pombal

Para a deputada, esta rodovia, além de representar a dinâmica econômica de seus municípios, com o seu estado precário, tem prejudicado de forma bastante consistente o acesso a outros troncos rodoviários, inclusive com a suspensão de algumas empresas de transporte devido à impossibilidade de tráfego e os constantes assaltos ocorridos, facilitados pelas condições das estradas.

 Por: Valdemí de Assis / fotos: Raimundo Mascarenhas



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.