varzea-da-roca

terça-feira, 19 de julho de 2011 09:14

Medicamentos são jogados em bueiro próximo a cidade de Várzea da Roça

Um dos moradores, indignado com aquela situação chegou a perguntar se os medicamentos não poderiam ser usados, pois alguns deles ainda estão no prazo de validade

Por volta das 11h30 de sexta-feira, 15, após denúncia de uma moradora da região que pediu para não ser identificada, os vereadores de Várzea da Roça Anadilson Pacheco e Gessival Santana se deslocaram até a BR 407 e a aproximadamente 900 metros da sede do município, sentido a cidade de São José do Jacuípe,onde encontraram vários tipos de medicamentos que haviam sido descartados em um bueiro pluvial existente sob a citada rodovia e praticamente na entrada da cidade.

Ao chegarem ao local puderam constatar a veracidade da informação e ficaram surpresos com a quantidade de medicamentos que foram encontrados, são várias caixas e cartelas de medicamentos de marcas e laboratórios diferentes, a exemplo de STELAZINE, VENLAXIN 150MG, TEGREX 200MG, ASSERT, ZARGUS, RESPIRON 1MG e PARKINSOL 2MG, o pior é que o local onde foram descartados, passam as águas das chuvas para uma lagoa existente em um dos lados da rodovia e também para um tanque que fica do outro lado da estrada, sendo que muitos dos medicamentos ainda se encontram no prazo de validade.

Foi grande número de pessoas no local, onde tivemos as presenças dos radialistas da emissora de rádio local que fizeram a cobertura do fato e também do vereador Ascendino Almeida. Algumas pessoas presentes diziam ter recebido medicamentos idênticos na farmácia básica do município, fato a ser confirmado pelos gestores.

Os vereadores entraram em contato com a delegacia de polícia local, mas foram informados que os policiais estavam viajando, provavelmente em diligência e o fato pôde ser registrado apenas pela imprensa, pelas lentes das máquinas fotografias de várias pessoas e pelos olhares curiosos e revoltados dos moradores de Várzea da Roça.

Um dos moradores, indignado com aquela situação chegou a perguntar se os medicamentos não poderiam ser usados, pois alguns deles ainda estão no prazo de validade, caracterizando um risco ainda maior para a saúde pública do município, pois pessoas desavisadas poderão utilizar daqueles “remédios”.

“Quem teria descartado remédios de uso contínuo, que segundo informações, são distribuídos gratuitamente em farmácias básicas naquele local? Por que descartar uma quantidade tão grande de medicamentos, inclusive alguns no prazo de validade?
Com a palavra os responsáveis pela saúde do povo de Várzea da Roça”, questiona o vereador Anadilson.

Da redação



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.