politica

segunda-feira, 25 de julho de 2011 10:10

Saiba tudo sobre a festa de aniversário de Santaluz – Veja o álbum de fotos

O evento marcou os 76 anos de emancipação política.

Terminaram na manhã de segunda-feira (25), as atividades festivas aos 76 anos de emancipação política do município de Santaluz, por onde passaram, no palco e nos trios Comêta, Estrelar e Ciclone, as bandas Seu Maxixe, Timbalada, Saiddy Bamba, Rapina, com Falcão ex-Guig Gheto, Batukerê, Black Style, que puxou o Bloco Será que é Hoje?,  É Xeke, responsável pela animação do Bloco Será que é hoje? no domingo (24).

Ed City no sábado, além dos grupos Spassus, Exita Samba, Kiko Luz, Os Bakanas, Ases Musical, Del Led, Brega e Vinho, Garagem da Vizinha e a Fuga, contado pelas Piranhas, que sai às ruas de Santaluz por 29 anos. O Bloco da Paz pela primeira vez se apresentou na avenida, uma iniciativa da Paróquia liderada pelo padre Théo.

O primeiro grande show aconteceu na sexta-feira, no palco a consagrada Banda Seu Maxixe, que proporcionou repertório diversificado, inclusive tocando musicas do passado, a exemplo de Roupa Nova,  Menina Veneno de Rit, que foi sucesso quando o vocalista Berguinho talvez ainda não tinha nascido. Mas o ritimo “Sertanejo Pop” contagiou a multidão e ao falar para o CN, Berguinho disse que o grupo está juntos há pouco mais de três anos, pela força da amizade, os integrantes da Banda Seu Maxixe se uniram por um simples motivo em comum: o desejo de fazer música. “Na época, tínhamos trabalhos paralelos com outros grupos e nos unimos mesmo pela vontade de tocar, de brincar. Graças a Deus, e ao público, o projeto agradou e terminamos nos focando no grupo mesmo”, diz Berguinho, vocalista da banda, que é natural de Natal e veio para Salvador atendendo a um convite profissional há alguns anos. A banda Seu Maxixe hoje é composta por oito músicos, que se dividem entre dois violões, baixo, dois teclados, acordeon, bateria e percussão.  

O brind com o prefeito – Ja faz parte da rotina nas apresentações de Seu Maxixe, o cantor convidar ao palco o prefeito da cidade para agradecer o público presente e depois brindar  uma dose de wisky. O prefeito Júnior foi convidado e falou que a presença de Seu Maxixe foi uma reinvindicação da juventude e que ficou satisfeito pelo grande show.

Mario Junior, Zé Hailton e Marcinho

Camarote organizado – As mulheres também se movimentaram e organizaram o camarote oficial, deixando o ambiente bem agradável. Lá esteve  muita gente bonita que pode acompanhar com visão privilegiada as apresentações de palco e dos trios elétricos. No espaço foi montado um sistema de som, que animou os presentes nos intervalos entre a passagem dos trios e apresentações no palco.

Dentre as autoridades que passaram pelo camarote do prefeito Júnior, destacamos o deputado estadual Mário Júnior, na noite de sexta-feira. “Este é o quarta ano consecutivo que participo desta festa. Estive aqui em 2008, 2009 e 2010, quando não era deputado e estou aqui (2011), como deputado e pretendo esta aqui todos os anos”, afirmou o progressista.

O ex deputado Joélcio Martins pretigiou o Bloco Piranhas que completou 29 anos na folia. O vereador Paulão,(D) distribuiu o panfleto denunciando o prefeito Junior

Oposição presente – Liderado pelo ex-deputado Joélcio Martins (PMDB), integrantes da oposição estiveram reunidos nos três dias de festa na Casa de Avani, onde foi iprovisado um bar, onde tradicionalmente funciona uma livraria. Os três vereadores da bancada de oposição, Paulão, Luizão e Sérgio Susart, também marcaram presença e somados ao pré-candidato a prefeito pelo PMDB, Joélcio Martins Filho, “Joelcinho”, aproveitaram para testar a popularidade do jovem político que vem com a responsabilidade de “herdar” o legado político do pai, de quem tem o mesmo nome.

Joelcinho (de laranja) aproveitou a festa para dizer que está firme na caminhada rumo a 2012

Oposição protestou – Aproveitando da movimentação de populares na festa da cidade, a oposição, articulada pelo PMDB, distribuiu um panfleto intitulado “A Praça do Cruzeiro é do Povo”. Neste panfleto a oposição protestava contra a apropriação do campinho da Rua do Cruzeiro,  segundo eles, pelo prefeito Joselito Júnior. “Aquele terreno foi desapropriado por mim quando era prefeito em 2002 para fazer uma quadra poliesportiva e por culpa da lentidão da justiça, não foi possível, e agora, se valendo do cargo, o prefeito atual permitiu que a ação movida pela prefeitura fosse arquivada”, contou o ex-prefeito Joélcio Martins, ao entregar um panfleto para o CN.

29 anos de Piranha – O bloco Piranha entrou na Avenida ás 17h de sábado (23), puxado pela banda Fuga encima do Trio Elétrico Tráz Amor. Segundo um dos organizadores, que estava, conforme os demais integrantes, trajando “um vestido preto, longo, com chapéu e uma mascara”, o bloco surgiu como forma de protesto, pois na época os jovens queriam carnaval de rua, pois acontecia apenas nos clubes, o Sisal Clube e o Lira Cultural.

Ele lembrou o ex-prefeito Nelson Evangelista, “Nelsão”, conhecido folião e responsável pela realização dos melhores carnavais da cidade. “O movimento foi vitorioso, a cidade passou a ter carnaval e depois de alguns anos, a festa mudou para a data do aniversário da cidade”, contou. Veja as fotos do bloco da Piranha. (VEJA O ÁLBUM)

Prefeito recebeu amigos e correligionários na sua residência – Depois de jantar na residência do empresário José Ailton Oliveira, acompanhado do deputado estadual Mário Negromonte Júnior (PP), o prefeito Joselito Carneiro de Araújo Júnior (DEM), convidou a família Oliveira que mora vizinha para sobremesa em sua residência,  na Avenida Santa Luzia. Dentre as pessoas, nesta troca de gentileza, estavam o estudante de medicina Zenonzinho, cogitado para ser candidato a prefeito, seu pai, o atual vice-prefeito, Zenon Nunes da Silva, “Donga”, seis vereadores, dentre eles, Antônio Carlos Teixeira da Silva (PR), “Branco”, presidente da Câmara. “Está aqui neste ambiente à próxima chapa de prefeito e vice que vou apoiar”, falou Júnior, criando suspense entre as pessoas, principalmente pelo nome do vice e as atenções viraram para José Ailton, mais conhecido por Zé Cumprido, cujo nome vem sendo cogitado.

Segundo Márcio Oliveira, “Marcinho”, filho de Zé Cumprido, a Avenida Santa Luzia é conhecida pela história por habitar prefeitos, a exemplo de Iran Barreto, Antônio Carlos Dias e Júnior. “Quem sabe, não passa a morar também vice-prefeito”, disse Oliveira.

No sábado à noite, sem uma agenda prévia, o prefeito Joselito Júnior recebeu em sua residência o deputado federal José Carlos Araújo (PR) e o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Paulo Câmera. Na pauta eles conversaram, além do sucesso da festa, sobre o projeto piloto “Cidade Digital” que deverá ser implantado em Santaluz em 2012, com utilização dos recursos da emenda parlamentar que será indicada pelo Deputado Zé Carlos e executado pela Secretaria onde o titular é Paulo Câmera. O projeto faz parte do programa de inclusão digital, onde além de disponibilizar diversos serviços públicos online, o possibilitará o acesso gratuito à internet.

Júnior com o governador – Depois de permanecer até ás 04h da manhã de sábado, depois de assistir e participar do show de Seu Maxixe, o prefeito Júnior, atendendo ao convite do vice-governador e secretário de Infraestrutura, Otto Alencar, foi ao encontro de Wagner na cidade de Conceição do Jacuípe. Demonstrando que está em “alta” com o chefe do executivo baiano, Júnior foi assunto no discurso de Wagner ao citar que se trata de um homem de confiança, pois honrou seu compromisso partidário na eleição de 2010 e não pôde lhe apoiar e agora, “está conosco e quem estava com agente lá na cidade (referindo-se ao PMDB), está contra. Portanto Júnior chega e entra pela porta da frente”, disse o governador durante o discurso. Ele convidou o prefeito de Santaluz e apresentou ao público.  

Será que é Hoje? em Santaluz – O bloco foi criado em Queimadas e sempre se destaca nas festas da lavagem. Por iniciativa do empresário Márcio Oliveira, o bloco saiu pela primeira vez em outra cidade e segundo a organização, com êxito absoluto. O Será?, como é chamado, entrou na avenida ás 18h, sendo puxado pela banda Black Style. O grupo apresentou uma mistura do pagode, com influências do funk. Os músicos, na maioria moradores do bairro de Fazenda Grande em Salvador, ganharam fama com a música “Buzú”, e depois desse hit, vários outros caíram no gosto da popular, como: “Vaza canhão”, “Tabaco”, “Empurrando” e “Rala a tcheca no chão” e o mais novo sucesso “Perereka”. A banda também apresentou um pagode mais romântico no repertório, a exemplo da música “Yasmin” e a versão da música “Without You”, da cantora americana Mariah Carey, que fala de amor, e sua melodia romântica já caiu no gosto do público, sobretudo feminino.

A Black Style é formada por: Robson Adorno no vocal: Robsão, como é conhecido no meio da música, começou sua carreira há oito anos, cantando MPB em barzinho e já passou também por banda de axé. Agora, aos 25 anos, o jovem admite que é no pagode o seu lugar. Além de Robsão, a Black tem também: Nelson Rocha (bateria), Edson Bonfim (guitarra e Direção Musical), Fábio Santana (baixo), Henrique (pandeiro). Veja as fotos do bloco. No domingo o bloco voltou às ruas com a banda É Xeke.

Zé Paulo sem o pêso da UNICAFS – Um dos fundadores da União das Cooperativas da Agricultura Familiar, UNICAFS, participou da festa do aniversário de Santaluz sem o peso da presidência que ajudou a fundar e por oito anos presidiu. Zé Paulo havia chegado de Brasília depois de participar do Congresso da entidade, onde elegeu a nova diretoria. Zé que havia indicado um nome para lhe substituir e que ficaria na função de vice, acabou derrotado por meio de uma articulação dos agricultores familiares do sul do país. Sobrou para ele apenas uma vaga no conselho de administração e, dizendo tranquilo da missão cumprida, Zé começou uma nova fase da vida dizendo livre do pêso que carregava e curtindo no bloco será que é hoje?.

Polícia e pronto socorro – O capitão PM Lessa, teve trabalho para encontrar o motorista da ambulância no final da tarde de sábado para encaminhar um homem, cuja identidade não foi revelada e que populares, aproveitando a porta do Pelotão aberta e colocaram lá. Ele apresentava um estado de embriaguez profunda. A própria polícia ajudou a colocar na ambulância, que levou ao Hospital.

Vento arrancou lona do palco – Um vendaval por pouco não causa um sério acidente na tarde de sábado,  quando rasgou quase toda a lona do único palco montado para apresentação de bandas. Com o incidente as bandas que estariam programadas para se apresentarem no sábado, tiveram que ser remanejadas para os trios elétricos, exeto ao Grupo Spassus que tocou mesmo sem a lona.  

Por: Valdemí de Assis / fotos: Raimundo Mascarenhas

  Banda Black Style       

Bloco Será que é Hoje?

Seu Maxixe

 Grupo Spassus

 Saiddy Bamba

Brega & Vinho

Del Led

 Kiko Luz e Falcão

É XEKE

Encontro de Músicos

 Rapina

http://youtu.be/z_dlCjHovdk Exita Samba




COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.