politica

sexta-feira, 18 de novembro de 2011 00:04

Santaluz – Pastor é citado para compor a chapa com Zenonzinho

Antes foi cogitado o nome do empresário e ex-vereador José Ailton. Definição deverá ocorrer mesmo no ano que vem

Com aproximação do ano eleitoral começam a surgir os possíveis nomes que irão disputar aos cargos de vereadore, vice-prefeito e prefeito. Em Santaluz já estão sendo comentados os nomes do estudante de medicina Zenon Nunes, “Zenonzinho”, do advogado Joélcio Filho, “Joélcinho” e do sindicalista José Hamilton, presidente do PT municipal.

Na mesma dimensão, começam a surgir os possíveis candidatos a vice-prefeito e o mais recente é do advogado e pastor Roudelis Rios, da Igreja Assembleia de Deus Vida. Ele vem sendo cogitado para formar a chapa com Zenonzinho pelo PSD, o mais novo partido do município apoiado pelo atual prefeito Junior do Max.

Aos 33 anos, ele disse ao CN que não fez nenhum tipo de trabalho que provocasse seu nome ser cogitado e que a especulação surgiu através de amigos e as coisas foram fluindo naturalmente e até o momento não conversou com o prefeito Joselito Júnior sobre o assunto. “Tudo na minha vida é assim, acontece sob a vontade de Deus. Fui vice-campeão de Karatê da Bahia em 1999, depois passei no primeiro vestibular que fiz. Depois de formado, passei na OAB, no primeiro concurso público que concorri, gravei 03 CD com meu irmão Ronaldo, onde formamos a dupla “Os Irmãos Rios” e atualmente dirijo a maior empresa do ramo na região e tudo isto sob a vontade de Deus e na hora que ele escolheu. Assim também vai ser na política”, falou Roudillys Rios.

 “Na minha vida, as coisas são bem naturais e ser candidato a vice-prefeito na chapa de Zenonzinho não é projeto pessoal e, mas uma função para servir ao povo”, continuou o pastor. Ele disse que já tratou sobre o assunto com os secretários José Antônio, de administração, Magno Carlos, da Saúde e com o próprio Zenonzinho.

O assunto também já tratado em uma reunião com 12, dos 15 pastores que dirigem as diversas denominações evangélicas no município que apoiaram a ideia, pois será um representante dos evangélicos, que segundo cálculos das entidades que reúnem o momento, chega a 10% de evangélicos entre os moradores.

Ao finalizar a conversa com o CN, o pastor Rios disse que, caso seja candidato a vice-prefeito, não irá misturar religião com a política, pois zela o nome da igreja, na qual é vice-presidente e de todas as outras denominações e saberá, como autoridade, se relacionar com as demais religiões não evangélicas. 

Por: Valdemí de Assis / fotos: Raimundo Mascarenhas

   

     



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.