conceicao-do-coite

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012 02:43

Coité – Mesmo sem festa carnavalesca, emergência superou a expectativa do Hospital Regional

O domingo foi tão movimentado quanto uma cidade que realiza festa de carnaval.

O Carnaval do Brasil é a maior festa popular do país. Na Bahia a festa acontece durante seis dias e começou oficialmente na quinta  e termina na primeiras horas de quarta-feira de cinzas (22), quando oficialmente começa a quaresma.

Foram várias ocorrências entre acidentes e agressões, mas o caso mais grave foi uma colisão envolvendo duas motos de frente, na estrada de areia que liga Conceição do Coité ao distrito de Juazeirinho.  Eram 21h30 quando a Brigada Voluntária Anjos da Vida foi solicitada para prestar socorro as dois homens que estavam cada um em uma moto de dados não anotados e bateram de frente na localidade de Morrinhos, 1 km do Hospital Almir Passos, que está em fase de conclusão da reforma.

Os motociclistas deram entrada juntos, Aloísio de Oliveira Pinto, 22 anos, conhecido por Bibi, caseiro de uma chácara a poucos quilômetros do local do acidente deu entrada consciente porém  com ferimentos profundos na testa e suspeita de ter sofrido traumatismo craniano. Bibi sangrava bastante pelo ouvido e boca, mesmo assim respondia as perguntas da médica plantonista Eli. Seu estado se agravava na medida que o tempo passava até que foi transferido para Feira de Santana em estado muito delicado.

A outra vítima identificada como Joel Pereira da Silva, “Jô” 30 anos, também morador da região, entrou andando na emergência com um grande corte na testa, ele se manteve consciente e contou ao CN que estava viajando sentido centro da cidade quando foi surpreendido pela moto conduzida por Bibi vindo em sua direção e não pôde livrar. Segundo ele, nenhum usava capacete. Jô foi liberado depois de receber um curativo.

 

A equipe do CN que chegou ao hospital no momento que as vítimas chegaram, depois de levantar as informações da ocorrência, saiu com destino ao local do acidente a fim de fazer anotações dos veículos envolvidos na colisão, quando estava próximo, deparou com um homem caído ao lado de uma moto CG Titan no meio da estrada, fato ocorrido poucos instantes antes da nossa chegada, inclusive passamos a sinalizar para os veículos que trafegavam na estrada. O homem identificado por Joselito da Silva Moura, 39 anos, sofreu uma queda e desmaiou tendo reagido antes da chegada da Brigada Voluntária  Anjos da Vida. Joselito coincidentemente é primo de Jô e também reside na localidade de Morrinhos, ele teve escoriações pelo corpo e deixou o hospital depois de medicado com fortes dores na clavícula. Ficou surpreso ao chegar no HR e encontrar Jô acidentado, ambos foram levados para suas residências pelo carro da reportagem do Calila.

Casos anteriores do domingo

Quando a equipe do CN estava no pronto-socorro  do Hospital Regional, acompanhando uma guarnição da Polícia Militar que transportava um torcedor ferido numa briga de torcida no Distrito de Aroeira, encontrou com o padre Antonio Pedro Mota, capelão da Marinha, natural de Andorinhas e residente na cidade de Vitória, no Espírito Santos. Padre Mota, como é conhecido, estava no hospital prestando socorro ao agricultor José Luiz Santos, residente na Fazenda Caldeirão, próximo ao Povoado de Santa Rosa que teria caído da moto que pilotava ao passar pelo primeiro quebra-mola do Bairro das Casas Populares.

O que na verdade impressionou o religioso foi o movimento no pronto-socorro do hospital, mesmo sem a realização dos festejos momescos. “Só Deus tem misericrodia”, falou o padre, que demorou pouco e seguiu viagem na companhia de dois sobrinhos e uma irmã.

Homem cai do cavalo e é transferido para o HGE – (foto) O agricultor Aguinaildo Silva Souza, 20 anos, residente na Fazenda Correa, foi um dos casos que o religioso presenciou ser atendido no HR. Guina, como é conhecido seguia de sua residência para o centro da cidade, quando próximo ao bar de Morais, na estrada vicinal de acesso ao Povoado de Pinda, o animal se assustou lhe arremessando ao chão. O impacto foi tão violento, que a vítima foi transferida, mesmo consciente, com suspeita de trauma.

Moto-taxi ferido a faca – O moto-taxi Renan Santos, 20 anos, residente no bairro Sonho Meu, foi ferido a faca por um homem desconhecido quando seguia para uma festa no bairro da Cerâmica. Muito nervosa, a esposa da vítima contou ao CN que o desconhecido apareceu de repente, começou uma discussão, sacou um facão e desferiu um golpe em seu marido. “Na hora, eu peguei uma pedra e também bati nele. Por acreditar que ele estar ferido”, falou à mulher que ficou ao lado do marido quando o mesmo estava sendo atendido e pelo menos num espaço de 40 minutos o possível homem ferido pelas pedradas não deu entrada no HR.

Foi defender o irmão e se deu mal – José Hailton Matos Almeida, 18 anos, residente na Fazenda Cachorrinha, se deu mal ao defender seu irmão numa briga na Fazenda Tanque Novo. Os dois bebiam em um bar na comunidade quando se desentenderam com o agricultor conhecido por Muá, que desferiu pelas costas vários golpes de “cacos” de garrafa. A frieza de José Hailton chamou atenção da equipe médica que o atendeu, pois, os cortes foram profundos e quando estava sendo atendido não demonstrava sentir dores.       

 

Por: Valdemí de Assis/ fotos: Raimundo Mascarenhas



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.