conceicao-do-coite

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012 00:36

ônibus deixa distrito de Aroeira escoltado depois de confusão em jogo de futebol

Apenas duas pessoas foram conduzidas a delegacia, mas foram liberadas depois do Boletim de Ocorrência.

Uma partida válida pela primeira rodada do campeonato coiteense do interior, entre Botafogo de Aroeira e Bahia de Almas teve em campo uma partida normal, mas por parte das torcidas o jogo virou caso de polícia.

A guarnição da 4ª Cia PM recebeu uma ligação sendo solicitada para comparecer ao distrito de Aroeira, pois o ônibus que conduziu os atletas e torcedores do Bahia estava cercado por torcedores da equipe local tentando impedir a saída do estádio. Os policiais se deslocaram para o local e encontraram o coletivo cercado. A guarnição pegou dois envolvidos com a confusão e mandou o motorista do ônibus seguir enquanto foi acompanhando o veículo em escolta até cerca de dois quilômetros antes de entrar na cidade, pois o coletivo apresentou problema mecânico que foi solucionado minutos depois.

Dois homens de pré-nomes Adelson de Aroeira e Denis de Almas foram conduzidos a delegacia, foi registrado o Boletim de Ocorrência e liberados posteriormente. Adelson com um corte no rosto acusava Denis de ter agredido com um soco, Denis por sua vez garantiu na delegacia que não havia sido ele. A policia levou Adelson até o Hospital Regional onde foi atendido, enquanto Denis ficou na delegacia e menos de uma hora depois foi liberado e seguiu para Almas no mesmo ônibus.

O jogo e a confusão – A partida estava empatada em 1 a 1, quando na metade do segundo tempo um jogador do Bahia sofreu falta violenta, o ex-jogador da seleção coiteense Bone Bala que estava como  torcedor da equipe visitante (Almas), saltou o alambrado, entrou em campo para tirar satisfação com o jogador do Botafogo, ao retornar para o meio da torcida começou a confusão, iniciou uma briga envolvendo mais de 20 torcedores, a partida foi paralisada por 13 minutos, mesmo sem policias no estádio a situação se acalmou e o jogo reiniciou, mas do lado de fora, no portão de saída, os torcedores foram informados que estavam sendo aguardados por um grupo. Segundo informação de um torcedor,  havia três homens armados com espingarda, facão e revólver, fato desmentido por Adelson.

A polícia disse que não foi informada de pessoas armadas, mas precisava preservar a integridade física das pessoas e o patrimônio público, chegando ao local encontrou Denis e Adelson e colocou os dois na viatura.

A competição é organizada pela Liga Coiteense de Futebol – LCF

 

Por: Raimundo Mascarenhas / foto da invasão de campo do Esporte Sisal

   

 

   



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.