conceicao-do-coite

domingo, 26 de fevereiro de 2012 15:14

Primeira Sessão de Cinema promovida pelo CineSocial aconteceu em Goiabeira

Apesar do filme ser uma produção destinada ao público infanto-juvenil (Rio, 2011), estiveram presentes aproximadamente 100 cidadãos de praticamente todas as faixas-etárias,

Idealizado pelo jovem Éder Araújo Carneiro, o projeto CineSocial foi abraçado por patrocinadores, amigos e comunidades envolvidas. Este projeto visa a propagação de cultura aos povoados através de projeções multimídias, proporcionando momentos de lazer e descontração, tendo, inicialmente, como público alvo as crianças e adolescentes. A primeira sessão realizou-se na localidade denominada Baraúna, no povoado de Vila Carneiro, comumente conhecida por Goiabeira, e, apesar do filme ser uma produção destinada ao público infanto-juvenil (Rio, 2011), estiveram presentes aproximadamente 100 cidadãos de praticamente todas as faixas-etárias, que se estabeleceram no local como puderam.

 Em resposta ao jornal sobre as expectativas e sobre a primeira experiência, Éder Carneiro (de preto) relata com entusiasmo:

“Esperei um público de aproximadamente 30 a 40 crianças, porém boa parte da comunidade, independente de idade, compareceu à sessão, alguns, creio eu que impulsionados pela curiosidade. No mais, apesar de algumas falhas irrelevantes, como travamento no sistema operacional do notebook e outras falhas simples que ficarão registradas para não ocorrerem em futuras apresentações, estou super satisfeito, principalmente por perceber a reação de alegria e bem-estar no rosto das crianças enquanto assistiam ao filme comendo pipoca e tomando refrigerante, também oferecido gratuitamente pelo CineSocial. Este é um trabalho, que, como o próprio nome sugere, não possui fins lucrativos, com a pretensão de socializar a cultura, que é um direito constitucional, nascido do gosto pessoal pelo cinema e não funciona apenas por causa de um idealizador, mas, graças ao trabalho dos todos aqueles amigos e moradores das comunidades que se voluntariam em alguma tarefa, e graças, claro, aos patrocinadores que nos permitiram adquirir a maioria dos equipamentos. Enfim, como será um trabalho contínuo e esperamos atingir grande parte dos povoados, contamos com mais e mais ajudas, sejam financeiras, sejam durante os processos das sessões ou em idéias para a melhoria e contínuo oferecimento deste trabalho que considero essencial para a formação cognitiva e qualidade de vida das pessoas. Assim sendo, esperamos visitar mais povoados para que possamos verificar a possibilidade da realização de sessão de cinema”.

 Com relação a mais um questionamento, sobre a maior dificuldade enfrentada pelo CineSocial no momento, Éder afirma:

“Graças a Deus já conseguimos comprar boa parte dos equipamentos, ainda assim buscaremos mais recursos para aquisição do telão e manutenção dos custos fixos. Tudo correu bastante bem e acho que a maior dificuldade mesmo foi no transporte dos equipamentos e materiais, pois, apenas com um automóvel pequeno (Celta) que um amigo – também cinéfilo – disponibilizou, tivemos de realizar duas viagens na ida e na volta. Esperamos encontrar alguém que disponibilize um veículo maior ou, com a ajuda da comunidade, podereríamos manter um veículo fretado. De qualquer sorte, pelo próprio prazer percebido no trabalho, estamos dispostos a mantê-lo da forma que aí está e sempre buscando melhorias. Ajuda não tem faltado para nós, pois percebemos como a comunidade coiteense tem se encantado com a iniciativa e se mobilizado. É questão de tempo até que mais pessoas percebam a seriedade do projeto.”

 Contato para apoio: Éder Araújo 75 9230-9665 Gabriel (Thonga) 75 9180-9996

 Da redação

 

 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.