bahia

quarta-feira, 08 de fevereiro de 2012 13:57

Deputados federais chegam à Salvador para apoiar Wagner e pedir fim da greve

Emiliano José, que integra o grupo, defende o término da greve.

Um grupo formado por deputados federais, coordenado pelo deputado Nelson Pelegrino, chega à Salvador nesta quarta-feira, 08, para apoiar e expressar solidariedade ao governador Jaques Wagner quanto as ações tomadas para pôr fim a greve de parte da PM.  Os parlamentares conclamam a volta à normalidade da sociedade baiana, com o retorno da Polícia Militar às atividades.  

Emiliano José, que integra o grupo, defende o término da greve. Em entrevista concedida ao programa Brasil em Debate, o parlamentar afirma que é preciso restabelecer a ordem e o clima de segurança na cidade.

Por proposição do deputado Nelson Pelegrino, a bancada do Partido dos Trabalhadores na Câmara Federal aprovou, nesta terça-feira, 07, uma nota de apoio ao governo e ao parlamento e de solidariedade à sociedade baiana na condução das ações que visam “à retomar as condições de civilidade e normalidade nas cidades baianas, especialmente na capital do estado”.

“As manifestações reivindicatórias por melhorias das condições de trabalho – afirma a nota – são respeitadas e apoiadas por nossa bancada, porém, consideramos desmedida a ocupação armada da sede do poder legislativo local. A paralisação gerou insegurança e descontrole na convivência urbana, sem falar dos prejuízos à economia em vários setores, o que aponta para um caminho equivocado de realização de disputas legítimas por aquisição de direitos por qualquer categoria”.

A nota, assinada pelo novo líder da bancada Jilmar Tatto, diz que os parlamentares petistas reconhecem o esforço do governador Jaques Wagner na valorização dos servidores públicos, entre eles os policiais militares, citando que nos últimos quatro anos a PM teve ganho real de quase 30% nos salários. E conclui conclamando “os policiais militares baianos para o retorno imediato ao trabalho, pois confiamos que o governo da Bahia atenderá as reivindicações dentro das possibilidades orçamentárias do estado”.



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.