bahia

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012 01:24

Eleições dos sindicatos dos trabalhadores rurais de Santaluz e Candeal movimentam categorias no Território do Sisal

Santaluz está andando para chapa única. Candeal vai ter embate

Em situações diferentes acontecem no dia 17 de março a eleição para escolha da nova diretoria do Sindicato dos Trabalhadores e das Trabalhadoras Rurais de Santaluz e no dia 15 de abril, será eleita a nova diretoria da entidade em Candeal, municípios localizados no Território do Sisal. As duas entidades realizaram no final de semana assembléias para escolha das comissões eleitorais, que funcionarão no período destinado ao registro de chapas e se encontrarão à disposição dos interessados, pessoas habilitadas para o atendimento e prestação de informações concernentes ao processo eleitoral, recebimento de documentos, fornecimento de correspondências, recibos e será responsável pela coordenação, controle e julgamento dos atos que por acaso aconteçam durante o pleito.

Santaluz – A campanha eleitoral sindical começou em clima de tranquilidade e apenas uma chapa, que será encabeçada pelo atual secretário de finanças, José Hamilton Silva, como presidente está despontado. Na reunião foi apresentada aos sócios a possível chapa, que além de Zé Hamilton, será composta por Gileilda Pereira da Costa (secretária), Ana Maria F. dos Santos (tesoureira), Justiniano de Souza Santos (secretário de política Agrícola e Agrária), Maria Edileusa da Silva (secretária das mulheres), Amadeus de Sant’ana Júnior (secretário de Bem Estar Social), Rosania Trabuco de Souza (secretária de Jovens), Rosenito Carneiro de Oliveira, Vanuza da Costa Oliveira e Aurelino da Silva Oliveira, no Conselho Fiscal, além de dez membros nas diversas suplências.

Haverá urnas fixas na sede e nas comunidades de Pereira, Algodões, Nova Campina, Sisalândia, Mucambinho, Morro dos Lopes, Miranda, Lagoa Escura, Casas Velhas e itinerantes que vão passar pelas comunidades Lajedinho, Barreirinho, Sítio Novo, Limeira, Rua da Palha, Rio do Peixe, Antonio Conselheiro e Ferreiros. Terão direito a voto os aposentados que descontam suas contribuições nos bancos e os sócios que estiveram com as mensalidades em dias, cujo pagamento seja efetuado até o dia 02 de março.

O suplente da Secretaria de Previdência e Bem Estar Social, Jovanilton Neto da Silva, disse ao CN que uma das grandes inovações pretendida pela nova diretoria é revitalizar a Delegacia Sindical do Pereira, encaminhando e resolvendo problemas das aposentadorias, emitirem DAP e resolver o máximo dos problemas que venham surgir na vida dos agricultores.

Candeal – Enquanto o clima é de tranquilidade em Santaluz, a campanha eleitoral sindical em Candeal, tomando como base a assembléia ordinária para escolha da Comissão Eleitoral que foi realizada na sexta-feira (17), promete ser a mais acirrada desde que a entidade foi criada há quase duas décadas. O Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Agricultores Familiares de Candeal, com sede na Rua Ranulfa Pereira Lima nº 130, ficou pequeno para a quantidade de sócios que compareceram na segunda convocação, exatamente ás 10h30, conforme Edital de Convocação, quando foi escolhido e instalado a Comissão Eleitoral na forma que prevê o Estatuto Social, cuja convocação foi lida pelo sócio Givanildo de Araújo Braz.

A assembléia geral ordinária foi presidida pelo atual presidente, que declarou o desejo de ser candidato a reeleição, Romário da Silva, que explicou o motivo do encontro, indicou os nomes de André Silva de Jesus, Ronald Alexandre de Oliveira, Geovane Ribeiro Lima, Adenilza Freitas de Oliveira e Manuela do Sacramento dos Santos, colocando para do plenário e que por unanimidade aprovou. André Silva de Jesus, um dos componentes da Comissão e garantiu que irá conduzir com lisura do processo eleitoral garantido a legitimidade e segurança jurídica. 

Antonio Gerson Carneiro da Silva, cotado para encabeçar a chapa de oposição, falou sobre o processo democrático de direito na eleição sindical e da importância do sindicato para a vida dos associados e associadas na conjuntura da eleição.

A eleição do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Candeal chamou atenção das centrais sindicais e estiveram presentes na Assembléia representantes da CUT, FETAG e CTB. Para Conceição Borges representante da CUT, os trabalhadores devem ficar atentos as questões que envolvem suas vidas a exemplo do debate a cerca do garantia safra e Rosete Salustino, que representou da FETAG, falou da importância do processo eleitoral e de reforçar a estrutura institucional do sindicato enquanto instrumento de luta para a classe trabalhadora.

O presidente da FETAG, Cláudio Bastos (centro), chegou ao final do evento e falou da importância que entidade fazer parte dos sindicatos filiados a Federação dos Trabalhadores na Agricultura da Bahia, que no passado não integrava e deixou claro sua disposição em ajudar nas atividades sindicais, principalmente na condução das políticas públicas, juntamente com a CTB. “Queremos vê os trabalhadores com acesso á água, cisternas, moradias dignas na comunidade onde eles moram, energia elétrica, permitindo uma melhor condição e qualidade de vida e com este compromisso vem hoje a Candeal”, falou Basto.

Ao final, as pessoas que vão compor as duas chapas foram apresentadas a platéia.

Por: Valdemí de Assis / fotos: Rigoberto Fotos e Cia

 


COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.