brasil

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012 21:47

Gagos têm desconto especial na compra de celular em MS

De acordo com informações da ABRA, há 70 milhões de gagos em todo o mundo.

Já que os gagos demoram mais tempo para conversar no celular, nada mais justo do que dar um desconto em suas contas, não é mesmo? Este direito, que pode parecer inusitado, já é realidade no Brasil, no Mato Grosso do Sul. Uma lei estadual de 2009 no mínimo curiosa determina que as pessoas com gagueira tenham desconto de 50% nas tarifas de telefonia celular, pagando assim a metade do valor de suas contas.

A lei se aplica “aos cidadãos portadores de distúrbios na fluência e na temporalização da fala”. Mas não é qualquer um que se julgue gago ou um cidadão espertinho que têm direito ao benefício. Para pagar menos nas contas de celular, é preciso mostrar uma avaliação realizada por um profissional de fonoaudiologia especializado em fluência, a fim de comprovar a condição de gagueira.

Segundo O Estado de S. Paulo, a lei estadual, que está sendo chamada de “Lei do Gago” pelo setor de telefonia móvel, já está sendo questionada judicialmente pelas operadoras, que se queixam da dificuldade de fiscalizar este direito. A legislação exige que as empresas instalem bloqueadores nos aparelhos dos cidadãos gagos, no intuito de impedir a utilização indevida. 

Em uma notícia publicada no Extra, David Brazil declarou que já conhecia a lei do Mato Grosso do Sul e que desejaria que o benefício também fosse garantido para o Rio de Janeiro. “Mais do que ninguém, sei o que é ser gago. Falar ao telefone é muito pior do que falar ao vivo. O esforço é maior. A gente vai tentando, sabe? Minha conta de celular, por exemplo, costuma vir um absurdo. Na última que recebi, os gastos chegaram a mil reais”, disse o promotor de eventos à publicação.

De acordo com informações da Associação Brasileira de Gagueira (ABRA), publicada no Fórum Online de seu site, há 70 milhões de gagos em todo o mundo. No Brasil, dois milhões de pessoas gaguejam, sendo 20 mil no estado sul-mato-grossense. Vai que a moda pega?



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.