bahia

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012 14:36

PRF registrou 20 mortes e 96 feridos nas rodovias federias baianas durante o carnaval

No acidente mais grave, na sexta-feira (17) de Carnaval, oito pessoas de uma mesma família morreram em uma colisão entre um carro de passeio Gol e um ônibus da empresa Novo Horizonte.

Durante os seis dias de Carnaval, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 151 acidentes, que deixaram 96 feridos e 20 mortos nas estradas baianas. Houve pequena diminuição em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registrados 161 acidentes, com 142 feridos e 17 vítimas fatais nas rodovias federais em todo o estado.

Segundo informações da PRF, a imprudência e a falta de habilidade e prudência ao volante foram determinantes para a maioria dos acidentes com vítimas fatais. Em 10 acidentes graves, 20 pessoas morreram principalmente por conta de ultrapassagens mal sucedidas e excesso de velocidade.

No acidente mais grave, na sexta-feira (17) de Carnaval, oito pessoas de uma mesma família morreram em uma colisão entre um carro de passeio Gol (foto) e um ônibus da empresa Novo Horizonte. O acidente aconteceu no km 825 da BR-349, por volta das 7h30, quando o motorista do Gol perdeu o controle da direção do veículo e saiu da pista.

Durante a Operação Carnaval 2012, a PRF fiscalizou 8.387 veículos e 4.623 pessoas, das quais 755 condutores foram flagrados por ultrapassagens indevidas, 418 por falta do uso do cinto de segurança, 332 flagrados sem carteira de habilitação ou vencida,  143 por problemas em equipamentos obrigatórios do veículo e 1.111 por outros motivos.

Durante as abordagens policiais 57 pessoas foram encaminhadas à Delegacia de Polícia Judiciária, cujos crimes variaram desde mandado de prisão em aberto, posse de veículos roubados, embriaguez, drogas, etc.

Este ano, durante o Carnaval, dos 1.664 testes com bafômetro, 86 condutores foram flagrados e notificados por dirigirem alcoolizados, infração gravíssima, com multa de R$ 957,70 e 28 condutores, além de multados, também foram presos, encaminhados à Delegacia de Polícia Judiciária, terão que responder processo criminal, podendo ser condenados a até três anos de prisão por crime de embriaguez.

Informações do Correio/ foto:cenasfortes.com



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.