fatos-policiais

sábado, 18 de agosto de 2012 16:55

Resultado da Operação “Ato de Valor” em Ribeira do Pombal será divulgado nesta segunda-feira

Sessenta e duas equipes das cinco instituições, somando 235 profissionais, participam da operação de combate ao narcotráfico, deslocando-se em 62 viaturas, com o apoio de um helicóptero da Polícia Rodoviária Federal.

A última informação oficial divulgada pela Secretaria de Segurança Pública SSP/BA na sexta-feira dava conta de que vinte e um mandados de prisão foram cumpridos em Ribeira do Pombal nas primeiras cinco horas da operação Ato de Valor, deflagrada pelo Ministério Público Estadual (MPE) e pelas polícias Civil, Militar, Técnica e Rodoviária Federal, na madrugada de sexta-feira (17), com o objetivo de combater o tráfico de drogas e outros crimes naquele município e cidades vizinhas.

Os policiais ja haviam conduziram à Delegacia Territorial local um total de 26 pessoas,e ainda permanecem em busca de outras sete, para o cumprimento de 33 mandados de busca e apreensão e 32 de prisão. Foram apreendidos também cinco veículos, seis motocicletas, quatro revólveres (dois calibre 38, com oito munições e dois calibre 32, municiados), além de 17 quilos de maconha, 15 gramas de crack e cinco gramas de cocaína. A operação continua durante o final de semana e o resultado total deverá ser apresentado na segunda-feira (20).

Sessenta e duas equipes das cinco instituições, somando 235 profissionais, participam da operação de combate ao narcotráfico, deslocando-se em 62 viaturas, com o apoio de um helicóptero da Polícia Rodoviária Federal. Os mandados judiciais estão sendo cumpridos desde quatro horas, sem que os policiais tenham deflagrado um tiro sequer ou empregado o uso da força. Desde março, após denúncias da comunidade ao MPE sobre a intensa movimentação do tráfico em Ribeira do Pombal, que o Departamento de Narcóticos da Polícia Civil (Denarc) vem intensificando as investigações.

Conselhos Comunitários

Os novos equipamentos com tecnologia de ponta, cedidos esta semana ao Denarc por Conselhos Comunitários de Segurança que funcionam sob orientação do Ministério Público, estão sendo utilizados na operação. São notebooks, binóculos, sistema de monitoramento on-line, rastreadores, GPS, câmeras fotográficas, filmadora e câmeras de investigação veicular.

Um prédio municipal, ao lado da DT de Ribeira do Pombal, funciona com base de apoio operacional, onde é feita a triagem dos presos, bem como a lavratura dos flagrantes. Peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) realizam no local exames de corpo de delito nas pessoas conduzidas, bem como perícia do material apreendido, com os laudos sendo emitidos imediatamente.

Da redação * com informações SSP/BA



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.