Homem morre enforcado em Santaluz

Familiares disseram a polícia que João do Carmo estava depressivo e que já tinha comentado a um dos filhos, que estava preste a morrer e que o mesmo o encontraria perto de casa.

O lavrador João do Carmo, conhecido como “Zé do Arroz “ 66 anos, foi encontrado morto a 00h30 desta quinta (29) próximo a sua residência na comunidade de Capoeira Grande município de Santaluz. O corpo estava pendurado por uma corda presa em um galho de árvore conhecida como pau de rato.

Familiares disseram a polícia que João do Carmo estava depressivo e que já tinha comentado a um dos filhos, que estava preste a morrer e que o mesmo o encontraria perto de casa.

Na noite de quarta,28, João deitou-se e a meia noite levantou, vestiu uma calça uma camisa manga comprida e saiu, os filhos não desconfiaram de nada pois era de costume o mesmo levantar a noite para colher a fibra de sisal do campo só que depois de uma hora parentes ao levantar para ir trabalhar no motor de sisal encontrou João do Carmo pendurado enforcado.

A Delegacia de Polícia Civil de Santaluz foi comunicada do acontecido e o agente Manoel Pinheiro Neto se deslocou ate o local onde fez o levantamento cadavérico e o corpo foi encaminhado para o DPT (Departamento de Policia Técnica) de Feira de Santana para ser necropsiado. O enterro de João do Carmo aconteceu no fim da tarde desta quinta no cemitério de Santaluz.

 

Por: Adimário Reis

comentários Esconder »
Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.
  1. Maria dos Santos: 
    Santa Luz - 2 de dezembro de 2012
    Gostaria de ver a reportagem e imagens da caixa d'agua que caiu em Sizalandia - santa Luz.
  2. gringo: 
    salvador - 29 de novembro de 2012
    Esse tava precisando de Deus no coraçao,se deixou levar pelo mal.
veja também Ver todos »
Segundo relatos do motorista da carreta, quando ele percebeu que parte do motor começou a pegar fogo, então ele retirou o suporte que carregava a madeira e salvou a carga.
Segundo o vice-diretor do presídio, um agente penitenciário estava no local acompanhando o preso, mas ainda apura o que pode ter facilitado a fuga do homem.
Os corpos dos irmãos foram encaminhados pelo rabecão para o Instituto Médico Legal em Barreiras, onde serão necropsiados.