fatos-policiais

domingo, 11 de novembro de 2012 22:32

Policiais da 62ª CIPM/Camacã prende dupla acusada de latrocínio contra idoso

O idoso apresentava lesões proveniente de uma perfuração, resultado possivelmente de um golpe partido da parte metálica e pontiaguda.

Nino (camisa preta) e Samarone

Nas primeira horas da noite de sábado,10, após a detenção dos indivíduos identificados como Ualisson Santos Oliveira, vulgo Nino e Aelisson Ataíde Costa dos Santos, que encontravam-se com a posse ilegal de uma arma de fogo tipo revólver, calibre.38 e farta quantidade de munição, prepostos da 62ª Companhia Independente da Polícia Militar de Camacan, tomou conhecimento, mediante denúncias destinadas ao sistema 190, de que o dinheiro encontrado com os indivíduos quando de suas prisões, teria sido fruto de um suposto latrocínio acontecido na noite anterior, sexta feira, no município.

De posse das informações relacionadas aos presos Nino e Aelisson e assenhorando-se através de novas denúncias que surgiram após a prisão destes, de que o dinheiro apreendido teria sido proveniente de um possível latrocínio ocorrido no município na noite anterior. o tenente PM Valdinei  Rodrigues, oficial de Operações da Unidade, deslocou-se até a Rua da Independência com o fito de averiguar a informação recebida, e chegando em uma determinada casa, indicada pelo preso Nino, deparou-se a Guarnição Policial Militar, com o corpo do idoso Adolfo Crispim dos Santos bastante machucado.

O idoso apresentava lesões proveniente de uma perfuração, resultado possivelmente de um golpe partido da parte metálica e pontiaguda de um guarda-chuva, bem como, de golpes semelhantes aos promovidos por instrumento cortante, causados possivelmente com um facão, que segundo informações, ainda encontrava-se entranhado a altura do pescoço do idoso.

Com base em informações colhidas por anônimos, que davam conta de que o idoso teria sido vítima de um latrocínio promovido por Ualisson (preso no período da tarde) e um segundo, identificado posteriormente como sendo Samarone Souza, vulgo “Gatinho”, de 24 anos, o Ten Valdney Rodrigues deslocou-se até a residência deste, situada na Rua Getulio Vargas, 198, dando voz de prisão a Samarone, também apresentado preso em flagrante a a Delegacia de Polícia, onde, juntamente com os demais, encontram-se a disposição da autoridade competente.

Inicialmente, o crime foi negado por Samarone, todavia, ao deparar-se este com Nino que já encontrava-se recolhido, acabou por confessar o crime praticado contra o idoso.

Fonte e fotos: ASCOM 62ª CIPM



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.