bahia

quinta-feira, 29 de novembro de 2012 01:53

Portaria da SSP determina que DPT de Feira atenda apenas sete municípios

Anguera, Antonio Cardoso, Ipecaetá, Santos Estevão, São Gonçalo dos Campos, Serra Preta e Tanquinho.

Na tarde de quarta-feira (28), o coordenador do Departamento de Policia Técnica (DPT) de Feira de Santana, Renato Laceda entrou em contato com a produção do programa Notícias da tarde, da rádio Subaé, para rebater algumas informações divulgadas sobre o órgão estadual.

No mês de setembro deste ano, uma portaria da Secretária de Segurança Pública determinou que o DPT de Feira atendesse somente a sete municípios: Anguera, Antonio Cardoso, Ipecaetá, Santos Estevão, São Gonçalo dos Campos, Serra Preta e Tanquinho.

Apesar do decreto, o órgão que atendia cerca de 40 municípios continua recebendo corpos de várias cidades como: Andaraí, Paulo Afonso e até de Serrinha, que possui IML, porém não realiza autopsia.

Esse problema acaba gerando um grande deslocamento de cadáveres para o DPT de Feira de Santana, e provocando demora na liberação dos corpos. Vale salientar, que os óbitos ocorridos no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), também são periciados pelo órgão feirense.

Questionado sobre o atendimento de outros municípios que não fazem parte da área do DPT de Feira, o coordenador respondeu que existe a colaboração. “ Quando há necessidade de necropsia de corpos de outras cidades, nós realizamos sim, pois o estado é um só”, pontou Renato.

Ele discordou da informação de que o DPT de Feira servia a 40 municípios da região. Segundo ele, o numero exato era 24 municípios. Os números anteriores foram passados para a imprensa por coordenadores, que antecederam Renato Lacerda.

Fonte: Central de Polícia



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.