bahia

terça-feira, 29 de janeiro de 2013 11:49

CBPM assina dois contratos para pesquisar ouro no estado

No território do Sisal as pesquisas serão em Cansanção, Quijingue, Monte Santo e Euclides da Cunha.

A Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM) assinou dois contratos com a Caiçara Mineração Ltda., empresa do grupo australiano Kisara Gold Pty Ltda., para a realização de trabalhos de pesquisa de ouro e metais-base no estado.

O termo foi assinado pelo presidente da CBPM, Alexandre Brust, o diretor técnico Rafael Avena Neto, o presidente da Kisara Gold, Nigel Francis Guest, o geólogo consultor Robert Ramsay e o diretor-executivo da Caiçara, Antônio Carlos Matias.

A Caiçara prevê a realização dos trabalhos de pesquisa complementar e a avaliação mineral para ouro em áreas pertencentes à CBPM situadas nos municípios de Cansanção, Quijingue, Monte Santo e Euclides da Cunha, no segmento norte do Greenstone Belt do Rio Itapicuru, ambiência geológica comprovadamente favorável para ouro.

O outro contrato firmado com a Caiçara é voltado para a pesquisa de ouro e metais-base, em áreas da CBPM, nas regiões de Macaúbas, Caturama e Paramirim. Os dois contratos abrangem 44 áreas de pesquisa, perfazendo 26 mil hectares. O prazo para a conclusão do programa de pesquisa e a avaliação é de dois anos, com previsão de investimento de R$ 4 milhões.

Com a assinatura dos contratos, a Caiçara Mineração pagará à CBPM o prêmio de oportunidade de R$ 1 milhão e mais R$ 500 mil por cada portaria de lavra.
A empresa iniciará imediatamente, sob sua responsabilidade técnica gerencial e financeira, os trabalhos complementares de pesquisa e o dimensionamento e a avaliação técnico-econômica de eventuais depósitos de ouro e metais-base revelados nos trabalhos de pesquisa.



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.