valente

terça-feira, 01 de janeiro de 2013 09:10

População fechou o trânsito para receber pai e filho que pedalaram de São Paulo a Valente

Pai e filhos não esperavam tamanha surpresa do povo de Valente.

chegada de pai e filho a valente depois de sairem de são paulo de bicicletas- fotoIX- raimundo mascarenhas

Augusto Valente, 42 anos, e Gustavo Vivas, 15, respectivamente pai e filho, que saíram de São Paulo dia 14 de dezembro, com a disposição de encarar o desafio de viajar até a Bahia, mais precisamente á cidade de Valente, no território do sisal, pedalando, chegaram ao destino final sendo recebidos festivamente pelas autoridades do município, familiares e um multidão que dividia a curiosidade e orgulho dos conterrâneos.

chegada de pai e filho a valente depois de sairem de são paulo de bicicletas- fotoI- raimundo mascarenhasJá no contorno da BA 120 com acesso a cidade de Retirolândia, Augusto presenciou um grupo de ciclistas da cidade de Valente que estava o aguardando e, seguidos por muitos carros, tendo a frente uma viatura da Polícia Militar, ele parecia não acreditar e falou a CN “o que teria feito para merecer tanto”.

Na proporção que a viagem ia chegando ao fim, aumentava o número de bicicletas, carros e motos, emocionando as pessoas que estavam às margens da rodovia vendo passar o desfile a uma velocidade de 20 km/hora. Os fogos avisavam a chegada dos aventureiros que comemoravam a vitória sobre o vício do cigarro, pois Augusto fumou durante muitos anos e “há três havia se libertado” tinha outro grande objetivo, participar da posse do amigo Ismael Ferreira (PT) que irá comandar a prefeitura de Valente nos próximos quatro anos.

chegada de pai e filho a valente depois de sairem de são paulo de bicicletas- fotoII- raimundo mascarenhas

Ao lembrar as dificuldades, principalmente o sol forte nas costas, alguns motoristas que colocaram a situação deles em riscos e em algumas estradas a falta de acostamento, o dia que Gustavo teve desidratação e precisou ficar internado em um hospital de uma cidade do Norte de Minas Gerais, onde tomou cinco vasos de soro, interromper por um dia a aventura, Augusto Valente disse ao CN que a emoção como estava sendo recebido superava tudo e agradecia a Deus por aquele momento.

A expressão de espanto de Augusto e o choro de Gustavo foi com a presença da família que saiu de SP para também prestar homenagem.

A expressão de espanto de Augusto e o choro de Gustavo foi com a presença da família que saiu de SP para também prestar homenagem.

Augusto atua na área de produção cultural, sendo um dos responsáveis pela encenação da Paixão de Cristo, que anualmente a apresentação é revezada nas cidades do território do sisal, chegou ás 17h40 na cidade de Valente, onde uma multidão estava o aguardando no contorno de acesso à cidade de São Domingos. Para surpresa dos aventureiros, seus familiares, a esposa Fabrícia Vivas e as filhas Giovana, 10 anos e Gabriela, 12, que haviam ficado em São Paulo no dia da partida dos ciclistas, foram a Valente lhe receber no final da longa viagem que durou 17 dias.

chegada de pai e filho a valente depois de sairem de são paulo de bicicletas- fotoVIII- raimundo mascarenhasA história de Augusto Valente comoveu aos presentes que ficaram sabendo através da esposa que usou o microfone de um carro de som para contar que o mesmo, ainda criança de cinco anos, foi despejado da casa onde morava, pois a mesma serviu para pagar uma divida e sua mãe Maria Madalena, separada, foi para São Paulo, onde criou a família. Dona Maria Madalena, faleceu há três anos em São Paulo.

“Depois de ser despejado de sua casa, onde morava com seus pais, aos cinco anos, foram obrigados a deixarem Valente e arriscar avida em São Paulo, volta e é recebido com muito carinho pelos seus conterrâneos”, falava Fabrícia, baiana natural de Ilhéus, com quem é casada há 18 anos.

chegada de pai e filho a valente depois de sairem de são paulo de bicicletas- fotoIV- raimundo mascarenhas

Fabrícia contou ao CN, que além de Giovana. Grabriela e Gustavo, o casal tem outro filho, Willian, de 18 anos, que está no Rio de Janeiro a trabalho. A três dias em Valente, Fabrícia disse que, acompanhada de sete pessoas da família e de “Papai Noel”, membro da companhia de teatro ao qual eles pertencem que havia deixado de trabalhar no dia 26, viajaram numa Van e que passou por Augusto e Gustavo na quinta-feira (28/12), ás 14h, na cidade de Jequié e que eles não perceberam, pois no momento ajeitavam as bicicletas.

chegada de pai e filho a valente depois de sairem de são paulo de bicicletas- fotoX- raimundo mascarenhas

Centenas de pessoas ocuparam a frente da Prefeitura onde os dois foram recebidos com muita festa e para simbolizar o grande momento beijaram o solo valentense.

chegada de pai e filho a valente depois de sairem de são paulo de bicicletas- fotoXI- raimundo mascarenhasO prefeito Agnaldo Oliveira (PT), recepcionou o conterrâneo no pátio da Prefeitura e presenteou com a camisa do projeto “Faça Mais Bonito”. O vice-prefeito Eduardo Cedraz (PSD), também compareceu ao ato.

O prefeito eleito, Ismael Ferreira (PT), ofereceu ao “amigo”, um placa para perpetuar a data e destacou a importância do desafio da dupla. Ele finalizou seu pronunciamento afirmando que a aventura de Gustavo e Augusto mostrou que é possível vencer desafios e superar obstáculos, ele que também pedalou de Retirolândia até Valente disse que pai e filhos são heróis,”eu não  aguentei onze quilômetros e vocês fizeram isso mais de dois mil quilômetros”, ressaltou.

chegada de pai e filho a valente depois de sairem de são paulo de bicicletas- fotoV- raimundo mascarenhasFerreira que será empossado prefeito de Valente nesta terça-feira,1º,  disse ao CN ter ficado muito feliz e orgulhoso de ter conterrâneos com essa determinação, cumprir seu objetivo depois de superar o vício do cigarro e ainda dizer que gostaria de chegar para a sua posse.     

Representando os ciclistas do município, o servidor público Roberval Oliveira, conhecido por “Boba da Bala”, encerrou o encontro dos conterrâneos de Augusto e Gustavo, destacando a importância da bicicleta e foi aplaudido ao dizer que “pedalar é motivo de alegria”.Boba é conhecido pela quantidade de bicicleta que possui, tem uma coleção de bike desenvolvida por ele.

Por: Valdemí de Assis / fotos: Raimundo Mascarenhas

Veja outras fotos em instantes 

Depois de 17 dias pedalando de São Paulo para Valente, pai e filho estão bem pertinho



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.