bahia

terça-feira, 21 de maio de 2013 11:39

Educação Inclusiva é tema de sessão na Assembleia

A iniciativa é da deputada estadual Neusa Cadore e do grupo Educação Inclusiva: Queremos e Podemos!, que reúne país, professores e profissionais de diversas áreas.

Neusa CadoreApós Salvador sediar um encontro internacional para debater ações voltadas às pessoas com deficiência, o tema volta à pauta nesta sexta-feira, 24, na Assembleia Legislativa da Bahia. O assunto será discutido durante uma sessão especial, às 09h30, que terá como foco a inclusão educacional.

A iniciativa é da deputada estadual Neusa Cadore e do grupo Educação Inclusiva: Queremos e Podemos!, que reúne país, professores e profissionais de diversas áreas. Criado há menos de um ano, a proposta do coletivo é dialogar, promover e implementar ações para uma educação escolar de qualidade e a inclusão de pessoas com necessidades educativas especiais em toda a sua diversidade.

O objetivo da atividade é articular e debater políticas públicas para a superação dos desafios impostos as pessoas com deficiência no contexto escolar. “A educação é um direito humano e a escola tem um importante papel na superação da lógica da exclusão, o que demanda a efetivação das leis específicas e modificações profundas e importantes no sistema de ensino”, afirma a deputada Neusa Cadore.

Dados – Dados do Censo 2010 do IBGE apontam que aproximadamente 46 milhões de pessoas são portadores de alguma deficiência. Do total de crianças com deficiência 95,2% frequentam escola, mas quando se observa o nível de instrução, a diferença entre portadores e não portadores de deficiência é muito acentuada. Enquanto 61,1% da população de 15 anos ou mais com deficiência não tinham instrução ou possuíam apenas o fundamental incompleto, esse percentual era de 38,2% para as pessoas da mesma faixa etária que declararam não ter nenhuma deficiência.

Ascom
Gabinete da Deputada Estadual Neusa Cadore
Lourivânia Soares (DRT/BA 2857)

 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.