bahia

domingo, 05 de maio de 2013 23:43

I Congresso de Educação do Território teve aprovação dos participantes e palestrantes

Todos os participantes receberam certificado do Congresso.

1º Congresso de Educação do Território do Sisal - 7

A satisfação parece ter sido unânime pela participação no I Congresso de Educação do Território do Sisal, ocorrido nos últimos dias 3 e 4 de maio em Santaluz, tanto por parte das pessoas que se inscreveram, a grande maioria professores, quanto para as celebridades convidadas para realização de palestras, a exemplo de Kau Mascarenhas, Perpétua Sampaio,Simaia Sampaio, Hamilton Werneck, Celso Antunes e Leonardo Boff.

1º Congresso de Educação do Território do Sisal - 3O maior encontro de intelectuais da educação da região sisaleira foi promovida pelo Grnadieventos cuja coordenação geral ficou por conta do professor e ex-secretário municipal de Valente, Marcos Adriano, que contou com o apoio da Prefeitura de Santaluz e outros municípios da região.”Excelente.Para ser o primeiro ficou dentro de minhas expectativas e foi um evento muito rico em conhecimento e conseguimos trazer grandes celebridades, alguns renomados internacionalmente,” comemorou Adriano, que ao final fez entrega de certificados para todos os participantes.

1º Congresso de Educação do Território do Sisal - 4Analisando o raciocínio do coordenador, o encontro com as celebridades contribuiu bastante para as pessoas que queriam conhecer de perto os autores daqueles livros que leram ou estão lendo, posar para foto e receber autógrafo dos escritores, sem contar com o intercâmbio entre educadores que se encontram e conheceram o conforto do auditório do Colégio CENOS talvez o melhor de toda região sisaleira.

O teólogo Leonardo Boff conhecido internacionalmente chegou na sexta-feira a Santaluz e fez questão de chegar a cidade pela estrada de terra que liga Araci a Santaluz, cerca de 55 km, ele queria conhecer a caatinga da região sisaleira. Boff jantou com o prefeito Zenon Nunes e o vice Roudylles Rios. Na manhã de sábado visitou a feira livre e ficou encantado.

1º Congresso de Educação do Território do Sisal - 1

O teólogo chegou ao auditório do Cenos por volta das 14h, deveria imaginar quantas luzes de flash de câmaras fotográficas e quantos livros teria que autografar.O vendedor de livros Reny Souza de Oliveira, viajou de Capim Grosso para Santaluz apenas para apertar a mão de Leonardo e fazer uma foto ao seu lado.” Tenho fotos com os outros e autógrafos, estava faltando com Leonardo Boff essa figura conhecida no mundo todo e não podia perder esta oportunidade”, falou com satisfação,Reny do Livro como é conhecido.

1º Congresso de Educação do Território do Sisal - 6imaginar que o assédio também ocorreria por parte do consagrado Hamilton Werneck para com Leonardo, ele que fez questão de pedir uma foto ao seu lado e disse: vou concluir a leitura de um livro seu, e não vou perder a oportunidade em duas horas e meia no mesmo avião para comentar sobre livro, sem chances de fugir, falou humorado Werneck.

O escritor Werneck com 26 livros escritos e 9 DVDs disse ao CN que vem participando de um circuito de palestras que terá duração de 17 dias.Passou por Minas Gerias e Alagoas, na Bahia passou pelas cidades de Paripiranga e Salvador no Congresso Internacional e Santaluz. Restam agora, Camaçari e Rio de Janeiro seu estado natal.

Conferencia.Kau Mascarenhas - foto- Raimundo Mascarenhas.2

Disse ter ficado muito satisfeito com o público que encontrou no auditório e ao ser questionado se correspondeu as suas expectativas o congresso como todo, ele resumiu que sim ” Muito organizado, plateia febril, faminta.O sertão responde”, concluiu.

1º Congresso de Educação do Território do Sisal - 9Celso Antunes emocionou e motivou a todos os professores presentes,quando contou de forma lúdica e poética historias de professores que cruzaram seu caminho e trouxeram para seus alunos uma motivação na forma de aprender, foram “Daguis,Lucias e Judites” que saíram de suas histórias passando a representar todos os professores que ali estavam presentes, que muitas vezes buscam em seus cotidianos escolares motivação para encarar as duplas jornadas de trabalhos e alunos cada vez mais desmotivados, e a pergunta que não queria calar era: “que preço tem um professor” e assim finalizou sua belíssima participação, sendo aplaudido de pé por uma platéia emocionada.

1º Congresso de Educação do Território do Sisal - 8Kau Mascarenhas abriu o congresso na manhã de sexta com uma palestra sobre Educação e Desenvolvimento Humano, seguido de Perpétua sampaio que falou de Fracasso Escolar: Um Olhar Psicopedagógico e Simaia Sampaio que abrodou o tema: Uso de Estratégias Metacognitivas no Processo de Aprendizagem.

Texto e fotos: Raimundo Mascarenhas / aguarde o álbum de fotos



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.