brasil

quinta-feira, 23 de maio de 2013 08:50

Ministério da Justiça manda recolher lotes do analgésico Tylenol

O laboratório ressaltou que o remédio que será retirado das prateleiras é seguro e que o problema está apenas na embalagem.

O Ministério da Justiça anunciou, nesta quarta-feira (22), o recolhimento de mais de três milhões de embalagens do analgésico Tylenol em gotas.

Dezenove lotes do Tylenol gotas de 200 miligramas – de uso adulto e pediátrico – serão recolhidos de farmácias e distribuidores a partir de segunda-feira. As unidades foram fabricadas entre dezembro de 2011 e novembro de 2012, e a numeração dos lotes vai de PPL055 a RJL123.

Em nota, o laboratório esclareceu que a decisão não afeta os outros produtos da linha Tylenol, que continuam a ser vendidos normalmente. O laboratório ressaltou, também, que o remédio que será retirado das prateleiras é seguro e que o problema está apenas na embalagem.

O defeito de fabricação é no bico dosador que ficou frouxo. Ele sai com muita facilidade. O risco é na hora de apertar o frasco para pingar as gotas na boca da criança. Veja no vídeo o que pode acontecer.

O pediatra e toxicologista Anthony Wong explica que o Tylenol é um analgésico eficaz, mas, como todo remédio, tem limite de dosagem. Se a criança engolir mais do que meio frasco, existe o risco de desenvolver hepatite toxicológica, que pode levar à morte.  Por isso, é sempre bom prevenir. “Tanto para esse remédio como qualquer remédio em gotas para criança, os pais devem sempre gotejar o número de gotas em uma colherzinha. Nunca pingar do frasco na boca. Porque com isso há sempre risco ou de derramar ou de superdosagem”, sugere.

O laboratório que fabrica o Tylenol informou que os consumidores que quiserem devolver o produto devem ligar para o número: 0800 728 6767.

Fonte: G1



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.