brasil

quarta-feira, 01 de maio de 2013 09:34

Ministério da Justiça prorroga atuação da Força Nacional em três estados, inclusive na Bahia

Na Bahia, a Operação Terra Indígena busca evitar o conflito fundiário entre índios e fazendeiros.

O Ministério da Justiça prorrogou a atuação da Força Nacional de Segurança Pública em apoio a operações da Polícia Federal nos estados de Mato Grosso do Sul e da Bahia, por mais 120 dias, e do Paraná, por mais 90 dias. As portarias com as decisões foram publicadas na edição desta terça-feira (30) do Diário Oficial da União.

Em Mato Grosso do Sul, a Força Nacional irá ajudar também a Fundação Nacional do Índio (Funai), no âmbito da Operação Guarani. O objetivo é garantir a segurança das pessoas no conflito entre os índios e os fazendeiros na região. A atuação no estado teve início em fevereiro de 2010.

Na Bahia, a Operação Terra Indígena busca evitar o conflito fundiário entre índios e fazendeiros. Nos municípios de Itaju do Colônia e Camacan, os índios pataxós reivindicam a homologação de 54 mil hectares como terra indígena. No município de Olivença, os índios tupinambás também lutam pela demarcação de terras.

Já no Paraná, a Força Nacional foi enviada para reforçar a segurança no município de São Miguel do Iguaçu, que fica na região conhecida como Tríplice Fronteira (Brasil, Paraguai e Argentina). As tropas vão apoiar a Operação Vant (Veículo Aéreo Não Tripulado).

Fonte: Agência Brasil



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.