fatos-policiais

quinta-feira, 17 de outubro de 2013 14:57

Delegado é expulso da polícia após matar namorada de 17 anos

O ex-delegado de 40 anos namorada com adolescente de 17. Antes do crime, ela já tinha prestado queixa por agressão

Relacionamento de casal era conturbado

Relacionamento de casal era conturbado

Acusado de matar a tiros a ex-namorada Amanda Linhares Santos, 17 anos, o ex-delegado Geraldo do Amaral Toledo Neto, 40, teve sua expulsão da Polícia Civil publicada no Diário Oficial ontem. Apesar de ter atirado na cabeça da adolescente durante uma briga em Ouro Preto, expulsão se deu por causa de irregularidade nos registros de duas motos.

O corpo da jovem foi enterrado em junho deste ano, em Minas Gerais, após ficar 51 dias internada. Toledo, que chegou a ficar detido na Corregedoria de Polícia Civil, chegou a socorrer a adolescente para uma unidade de saúde depois de atirar nela, mas desapareceu sem se identificar.

O relacionamento do casal era conturbado, e Amanda já tinha prestado queixa contra o ex-delegado por agressão.



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.