saude

terça-feira, 29 de outubro de 2013 14:34

Dia Mundial do AVC: Especialista diz que população ainda desconhece sintomas da doença

O AVC é causado pela interrupção brusca do fluxo sanguíneo em uma artéria cerebral provocada por um coágulo

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Uma das principais causas de internação e morte no país, o acidente vascular cerebral (AVC) pode ser prevenido com hábitos saudáveis ao longo da vida, como a prática moderada de exercícios.

Nesta terça-feira (29), Dia Mundial de Combate ao AVC, especialistas lembram que a busca por atendimento médico de emergência logo após o aparecimento dos primeiros sintomas é fundamental.

O período de quatro horas e meia após o aparecimento dos sinais garante a administração de medicamentos e reduz o risco de morte.

Responsável por seis milhões de mortes a cada ano no mundo, o AVC é causado pela interrupção brusca do fluxo sanguíneo em uma artéria cerebral provocada por um coágulo, denominado isquêmico, ou o rompimento de um vaso sanguíneo que provoca sangramento no cérebro, chamado hemorrágico.

O AVC isquêmico é mais comum, e representa mais de 80% dos casos da doença. Segundo o membro da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia e presidente da Sociedade de Neurocirurgia do Rio de Janeiro, Eduardo Barreto, grande parte das ocorrências da enfermidade se deve ao desconhecimento dos sintomas pela população.

Fraqueza ou dormência súbita em um lado do corpo, dificuldade para falar, entender o interlocutor ou enxergar, tontura repentina e dor de cabeça muito forte sem motivo aparente são alguns dos sinais da doença.

Segundo recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), para saber se uma pessoa sofre o AVC, deve-se pedir que ela sorria e verificar se o sorriso está torto. Em seguida, observar se ela consegue levantar os dois braços.

Outro passo é notar se há alguma diferença na fala, se está arrastada ou enrolada. Caso seja identificado algum desses sinais, deve-se procurar imediatamente um serviço de saúde.

Com informações da Agência Brasil*



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.