quijingue

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013 21:09

Câmara Municipal aprova a criação de CPI para investigar prefeito

Dos 11 vereadores, 4 assinaram pela criação da CPI que será composta por três membros e terá prazo definido de funcionamento, que pode ser prorrogado por igual período.

almirinho_pt2A Câmara Municipal de Quijingue aprovou, em sessão realizada na última terça-feira (10), a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar o contrato feito pela prefeitura de Quijingue com a empresa Carlos José Jesus dos Santos-ME, nome fantasia Avenida Móveis e Eletrodomésticos. O objeto do contrato é a comprar de eletroeletrônicos pela prefeitura para as escolas municipais.

A empresa que venceu a licitação por meio de Carta-convite nº15/2013 não foi encontrada no endereço que consta nas notas fiscais e nos dados na Receita Federal. Por meio de uma averiguação, verificou-se que no endereço havia um pequeno depósito abandonado. Moradores de Tucano informaram não conhecer nenhuma loja com aquele nome naquela cidade.

Dos 11 vereadores, 4 assinaram pela criação da CPI que será composta por três membros e terá prazo definido de funcionamento, que pode ser prorrogado por igual período.

Após apresentação do requerimento com pedido de instalação da CPI, feita pelo vereador Clovis Cavalcante (PSD), criou-se a impressão de que todos os vereadores votariam favorável a investigação para apurar a denúncia. Porém, após orientação do líder do governo, Reginaldo Cavalcante (PT), para que os vereadores da base do governo se abstivessem da votação, Vando, Zé do Pife, Ivani e Antonio Brito acompanharam a orientação do seu líder. Apenas o vereador João Batista (PT) não seguiu a orientação e votou pela aprovação da CPI, somando-se aos oposicionistas Clovis Cavalcante, Expedito Souza e Washington Gois.

O prefeito Almirinho (PT) ainda não se pronunciou oficialmente sobre a criação da CPI para apurar supostas irregularidades cometidas em sua gestão.

Fonte: Folha da Vila



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.