bahia

quarta-feira, 04 de dezembro de 2013 16:08

DIREC 12 realiza 1º Encontro de Intérpretes de LIBRAS em Coité

Aspectos importantes sobre a atuação desses profissionais de LIBRAS foram abordados como forma de desmistificar o seu relevante papel em sala de aula.

libras

Aconteceu na última terça-feira, 03, no Colégio Estadual Distrito de Bandiaçu-Conceição do Coité o 1º Encontro de Intérpretes de LIBRAS. O tema do encontro foi Diálogos, Desafios e Perspectivas, promovido pela Diretoria Regional de Educação (DIREC 12) de Serrinha. Momento ímpar e desafiador para os intérpretes da Língua Brasileira de Sinais que atuam nas escolas estaduais dos municípios de Água Fria, Araci, Conceição do Coité, Serrinha e Tucano, e pela equipe organizadora do evento, as intérpretes Marli dos Santos Mota, Samara dos Santos Mota, a professora e instrutora Deiziane dos Santos Mota e a diretora do Colégio Estadual de Bandiaçu, Luzimere das Mercês Freitas.  

libras2Aspectos importantes sobre a atuação desses profissionais de LIBRAS foram abordados como forma de desmistificar o seu relevante papel em sala de aula. Direitos e Deveres, falta de reconhecimento da comunidade escolar, sobretudo dos próprios surdos também implicaram em amplo diálogo a fim de construir melhores práticas de ação para o profissional e para seu seleto público.

Outra proposta do encontro foi a elaboração de uma Carta para ser entregue na Secretaria de Educação do Estado da Bahia assinalando os avanços e dificuldades dos intérpretes, bem como a perspectiva para o ano de 2014.

libras3Os debates e diálogos foram mediados pela técnica do Programa de Acompanhamento, Monitoramento, Avaliação e Intervenção Pedagógica (PAIP) da DIREC 12, Kátia Regina Bispo e Silva, que contou com o apoio do diretor da DIREC 12, professor José Jivaldo Oliveira de Jesus e da coordenadora da Educação Básica (CODEB), Maria Sandra Silva Oliveira.

Ainda esteve presente no encontro o vereador professor Danilo Ramos pioneiro na luta pela busca de melhores condições de trabalho dos intérpretes e do reconhecimento das pessoas com surdez como cidadãos plenos de direitos.

Da Redação 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.