bahia

segunda-feira, 02 de dezembro de 2013 14:50

Estudantes compõe música para homenagear o conterrâneo jogador Wallace

Os estudantes fizeram uma música para homenagear o coiteense campeão da Copa do Brasil pela Flamengo.

Rafael  Valverde( violão) Victor Deivid, Valdemí Junior e o homenageado Wallace

Rafael Valverde( violão) Victor Deivid, Valdemí Junior e o homenageado Wallace

Os estudantes coiteenses Valdemi Junior, prestes a concluir a faculdade de Engenharia Civil, seu irmão Victor Deivid, que ingressou este ano na faculdade cursando Aviação Civil e Rafael Verdival, (primo deles) universitário do curso de Direito, aproveitaram a presença do Flamengo em Salvador no último domingo, 1º, pegaram o violão e foram até o Hotel onde o clube estava hospedado, já que mais tarde enfrentaria o Vitória pela penúltima rodada do Brasileirão, e convocaram o zagueiro Wallace também coiteense para ouvir a música criada por eles, para homenageá-lo.

Segundo o “trio universitário” a música foi composta com sendo da camisa 3, só que pelo Flamengo ele sempre atuou com a 14, mas não tirou o brilho da composição, pois deixou o atleta emocionado e agradeceu a todos. ” Não tenho nem o que dizer por tamanha homenagem, uma letra muito bem construída, encaixou bem legal”, resumiu Wallace que além da música viu sua foto estampada na camisa dos estudantes entre os grandes filósofos da história, que segundo Victor Deivid como bom leitor e reconhecido nacionalmente pela sua dedicação a leitura merece também essa homenagem.

homenagem-a-wallace-1Ao se despedirem do jogador, Valdemi, Victor e Rafa desejaram sorte e pediram para que ele marcasse três gols no jogo para pedir música no Fantástico, e Wallace disse que pediria aquela que acabara de ouvir. Um gol até que marcou, faltaram dois, o Flamengo foi goleado (4×2) e o zagueirão que mais uma vez jogou com a faixa de capitão, com duas faltas que o juiz considerou violenta acabou expulsando do jogo, fato ocorrido pela primeira vez em sua carreira profissional em oito anos.  

Wallace dos Reis Silva, nasceu em Conceição do Coité-BA em 26 de dezembro de 1987, vai completar 26 anos, e já pode se considerar um vencedor, começou a carreira no Vitória onde chegou aos 11 anos, ganhou todos os títulos nas divisões de base, subiu para a equipe de profissionais em 2006 no momento critico do clube, quando disputava a série C do Brasileirão. Mas teve grande êxito, ajudou o time subir para a série B e no ano seguinte a divisão de elite.

Delegação deixando o hotel para ir ao Barradão

Delegação deixando o hotel para ir ao Barradão

Em 2009, ganhou vaga de titular no Brasileirão, com Paulo César Carpeggiani no comando da equipe, fazendo trio de defesa com Victor Ramos e Anderson Martins, companheiros de longa data no clube. Permaneceu como titular até 2010, vencendo seu quarto título baiano consecutivo e chegando ainda à final da Copa do Brasil, tendo inclusive marcado um gol na partida de volta contra o Santos, quando o Vitória venceu por 2 a 1 mas não levantou a taça devido à derrota por 2 a 0 no jogo de ida. Destacou-se e chamou atenção de outros clubes. Com o fim do ano e o rebaixamento do time rubro-negro, acertou com o Corinthians para a temporada 2011.Wallace deixou o Vitória com 150 partidas completadas e 11 gols marcados.

wallaceNo Timão ele ficou na reserva, pois encontrou uma dupla de zaga formada e logo no primeiro semestre ficou com o vice campeonato, na ocasião o Palmeiras levantou a taça de campeão, mas no Brasileirão do mesmo ano o Corinthians sagrou-se campeão, tendo Wallace participado de muitos jogos e sempre com boa regularidade.No ano seguinte (2012) outras duas grandes conquistas pelo time do Parque São Jorge, Libertadores da América e Campeonato Mundial de Clubes e dois gols marcados.

Com tudo isso o atleta resolveu buscar novos horizontes e seu destino no inicio deste ano de 2013 foi o Flamengo que entre altos e baixos fecha o ano com  o titulo de campeão da Copa do Brasil e vaga garantida na Libertadores da América além de se manter entre os cinco clubes brasileiros que não conhecem a série B, cujo “fantasma do rebaixamento” andou rondando o time da Gávea. Wallace marcou três gols pelo Flamengo neste Brasileiro o último contra o time que o revelou; veja.

Wallace disse que as pessoas agem de má fé quando o julga afirmando que nega sua origem

O CN sempre que publica uma reportagem sobre o jogador Wallace recebe vários comentários afirmando que o mesmo nega que é de Conceição do Coité, enquanto ele recebia a homenagem dos  conterrâneos fez essa pergunta; eis a resposta:  

Não sei de onde surge essa ideia babaca e absurda, sempre que questionado digo que sou de Conceição do Coité interior da Bahia. Na verdade tenho até orgulho de falar da minha origem, porque mostra de onde eu sair,eu não sou elitista, pelo contrário, é que as pessoas gostam de criar um certo desconforto, como diria a ignorância é uma benção né, como tem muita gente com essa ignorância, fala bobagens, entendem as coisas mau explicadas, não posso fazer nada. É muito fácil na internet você encontrar tudo, cadê essa minha entrevista dizendo que não sou de Coité?” concluiu.

Wallace deverá está chegando a Conceição do Coité entre os dias 13 a 20 desse mês para visitar familiares e rever os amigos.

Veja a letra da música 

Líder da defesa
Joga sem botar pose
Guerreiro, da camisa quatorze.

Implacável na marcação,
Joga com o coração
Wallace, líder da nação!

Ele sabe fazer o ABC,
vai demostrar que veio pra vencer.
Wallace, eu sou mais você!

Wallace, eu sou mais você,
Wallace, os atacantes vão tremer!
Wallace, eu sou mais você,
Wallace, os atacantes vão tremer!

Ôôôôhh, Wallace chegou,
Wallace chegou,
Wallace chegou!!

Wallace, eu sou mais você,
Wallace, os atacantes vão tremer!
Wallace, eu sou mais você,
Wallace, os atacantes vão tremer!

Texto fotos e video Raimundo Mascarenhas

 

 

 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.