conceicao-do-coite

quinta-feira, 05 de dezembro de 2013 02:32

Guitarrista Paulo Roberto faz bela apresentação na noite cultural da festa da padroeira

O projeto Triplet é composto por um contrabaixista e um baterista sob a coordenação do guitarrista Paulo Roberto.

paulo robertoEstá acontecendo todos os dias em Conceição do Coité a Noite Cultural , sempre após a missa do novenário de Nossa Senhora da Conceição, em Conceição do Coité, músicos da cidade fazem apresentação no palco montado na Praça da Matriz.

Na noite de quarta-feira,04, entre as atrações estava o Projeto Triplet o primeiro da região do sisal e dos poucos no Estado da Bahia, que apresenta exclusivamente a música instrumental, não há voz, no Projeto Triplet não se ouve letras musicais e sim o som da guitarra, do contrabaixo e da bateria.

paulo roberto.2O tecladista da banda Batukerê Netinho esteve na praça prestigiando o show e disse que fazer música instrumental é muito difícil, mas Paulinho assimilou a ideia e está colocando muito bem em prática.

O projeto é inovador e vem conquistando o grande público e o responsável por tudo isso é Paulo Roberto que em breve entrevista ao CN contou como surgiu a ideia da música instrumental.  

CN – Paulo quando começou essa paixão pela música

paulo roberto.3PR – Meus primeiros contatos com instrumentos musicais aconteceram muito cedo. Durante a minha infância eu sempre ganhava instrumentos de brinquedo. Aos 12 anos minha mãe me deu um teclado, mas não aprendi nada. Então, aos 13, pedi um violão emprestado a uma tia minha, coloquei cordas e comecei a aprender sozinho, apenas olhando as revistinhas de cifras e observando meus amigos tocarem. Nessa época estava começando a ouvir bandas famosas de rock. Ao assistir um vídeo da banda Iron Mainden fiquei abismado, e decidi naquele momento que queria aprender guitarra. Perto de completar 16 anos, ganhei a tão esperada guitarra, e procurei músicos da cidade para fazer aulas, mas não obtive sucesso. A carência de professores me levou a estudar através de vídeo aulas de guitarristas famosos, acredito ter mais de 50 vídeo aulas guardadas. Aos 17 anos fiz meu primeiro show, era um projeto que fazia cover da Legião Urbana. Entre 19 e 20 anos sempre tocava em festivais, mas paralelamente, eu estudava músicas instrumentais dos guitarristas que eu sempre escutei, como: Joe Satriani, Steve Vai e Malmsteen. A partir disso, comecei a me apresentar sozinho, tocando músicas desses guitarristas, como obtive boas respostas do público isso me incentivou a compor músicas próprias. Então, se passaram 10 anos e eu reuni elementos para gravar o meu primeiro cd solo:

CN – Força Vital é o titulo do disco, explica o que motivou essa denominação

cdPR-. Esse disco foi feito com o principal objetivo de difundir a música instrumental, assim como estimular músicos da cidade que desenvolvem trabalhos na mesma perspectiva, a produzirem também seus discos. No meu cd procurei explorar alguns gêneros que aprecio muito como músico, como: rock, música flamenca, música indiana, MPB e também o baião que está no sangue de todos nós nordestinos. A faixa “Sisaleira” do meu disco é uma homenagem à cidade de Conceição do Coité, um baião-rock, onde faço a mistura de elementos musicais característicos dos dois gêneros. O disco FORÇA VITAL foi produzido, mixado e masterizado pelo grande músico e excelente guitarrista Valdir Carvalho, da banda Batukerê. É a melhor opção desde profissionalismo à experiência que temos na nossa região. Algumas faixas de contrabaixo foram gravadas pelo meu grande amigo Judson Souza (Dui), e tive também a participação do Arcodeon na faixa “Sisaleira” tocada pelo meu amigo Netinho, irmão de Valdir.

Em tempo de Bailão do Robisão e o arrocha romântico de Pablo tem espaço para a música instrumental

paulo roberto.4PR – Agora estou em um momento muito especial da minha vida, extremamente feliz com os comentários sobre o disco. Em breve farei mais shows de divulgação, onde me apresentarei com o projeto METAL TRIPLET, onde eu assumo as guitarras, José Carlos na bateria e Monsaniel Júnior no contrabaixo. Tocaremos músicas do meu CD e alguns covers famosos. Tem um ditado que afirma que existe gosto pra tudo esse nosso projeto está sendo bem aceito, principalmente para que gosta do diferente, sem falar que é muito agradável a música instrumental.

Gostaria de agradecer a todos que colaboraram para a efetivação deste disco, aos apoiadores: Educandário Divino Mestre, Miranda instrumentos e o curso Yes e lembrar que este CD se encontra à venda na loja 9TEC informática e games, ao lado do curso Yes. Obrigado também ao Calila Notícias pelo apoio de divulgação desse trabalho. Um abraço a todos.

 Redação CN / fotos: Raimundo Mascarenhas

 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.