valente

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013 22:41

Valente: radialista doa órgãos do filho morto uma semana depois de ser agredido em Nova Fátima

Segundo Ely Gonçalves nove órgãos foram retirados para doação que servirão para salvar vidas.

casa de victorO corpo do recém-formado em Radiologia pelo FTC, Victor Ely Maciel Nascimento, 24 anos, filho do radialista Ely Gonçalves, chegou a Valente no fim da tarde de segunda-feira,16, e está sendo velado na Rua João Joaquim, as margens da rodovia que liga Valente á BR 324, de onde sairá para o sepultamento às 10h desta terça-feira, 17. Desde o momento que o caixão chegou é grande o movimento na residência e o clima de tristeza toma conta do ambiente, principalmente pela forma banal que resultou em sua morte, segundo amigos e parentes.

Victor que recebeu o diploma recentemente viajaria para Barreiras para trabalhar.

Victor que recebeu o diploma recentemente viajaria para Barreiras para trabalhar.

Victor morreu no fim da tarde de domingo,  no Hospital Clériston Andrade, em Feira de Santana, onde estava internado desde ás 10h de segunda-feira (09/12). Ele recebeu um violento golpe na cabeça,  com um pedaço de madeira, na noite de domingo (08/12), no centro da cidade de Nova Fátima, desferido por um homem, não identificado. Informações não confirmadas pela policia, mas relatadas por pessoas que estavam no local, Victor estava com grupo de jovem fazendo a divulgação de uma festa de camisas que será realizada na próxima semana na cidade de Valente, quando surgiu um homem, supostamente conhecido por Guêra e teria “mexido” com uma das moças que fazia parte da equipe e prontamente foi reclamado por Victor Maciel.

O Homem não teria gostado da atitude e prometeu vingança, e poucos minutos voltou com pedaço de madeira, acertando na cabeça de Victor, sem o que o mesmo tivesse chance de reagir, Levado ao Hospital Municipal de Nova Fátima, onde recebeu os primeiros atendimentos, foi transferido em seguida para o Hospital Municipal de Riachão do Jacuípe, onde permaneceu toda noite de domingo, dai encaminhado ao Hospital Clériston Andrade, onde faleceu.

Eli decidiu doar os órgãos por entender que ao sepultar estaria deixando de salvar outras vidas.

Eli decidiu doar os órgãos por entender que ao sepultar estaria deixando de salvar outras vidas.

Segundo Ely Gonçalves, pai de Victor, ás 17h10 de domingo, ele foi comunicado da morte cerebral do filho e ás 23h45, depois de uma ampla conversa com a equipe médica que o acompanhava, autorizou a doação dos órgãos e por ser um jovem atleta e saudável, foram doados nove órgãos e de imediato foram encaminhados para Pernambuco, Salvador e Paraná. “Deus chamou meu filho, mas permitiu que salvasse nove vidas”, falou emocionado Ely Gonçalves.

victor.2Amante do esporte de “carros rebaixados”, um banner na porta principal da residência dos seus pais, mostrava a foto do grupo Lifestyle, de quando fazia parte e sempre espalhava alegria com o som montado no Gol rebaixado de sua propriedade.

victor-4Na página do Facebook no dia 02/12, Victor  agradecia a Deus numa postagem tipo “oração”, pela vida, a família, os amigos e o encontro de carros rebaixados que foi realizado no dia anterior na cidade de Santaluz. na última postagem, no dia 06/12 (dois dias antes da agressão), falou de uma tristeza que estava sentindo.

Victor se destacou ao se tornar campeão do Campeonato Retirolandense de Futsal 2013, pelo time do Sbrobals, onde atuou como goleiro.

Página de Victor Maciel na rede social. (Facebook de Victor )

Por: Valdemí de Assis / fotos: Raimundo Mascarenhas e Facebook



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.