Padre morre em acidente de carro próximo a Santo Estevão

O vigário foi ordenado em 2013 pelo Arcebispo Dom Itamar Vian e designado para exercer a função no município de Marituba, no estado do Pará.

padreNa noite de segunda-feira (10), um acidente automobilístico na altura do Km 454 da BR-116 Sul, tirou a vida do padre Roberto Bessa, que tinha 30 anos.

Os pertences encontrados no interior do Fiat Uno, de placa OPV-9054, ajudaram na identificação do religioso. O acidente ocorreu nas proximidades do município de Santo Estevão, sua terra natal, quando bateu com uma carreta. Não há detalhes no boletim policial.

Segundo informações do padre Aristóteles, responsável pela paróquia de Santo Estevão, Roberto Bessa foi ordenado em 2013 pelo Arcebispo Dom Itamar Vian e designado para exercer a função no município de Marituba, no estado do Pará. Ele estava de férias e pretendia visitar familiares na localidade de Paiaiá.

O corpo foi encaminhado para o Departamento de Policia Técnica (DPT), para ser necropsiado.

Redação CN * As informações são de Denivaldo Costa – Subaé Noticias e foto de Jorge Magalhães.

comentários Esconder »
Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.
  1. José Cristovam: 
    Conceição do Coité, BA - 13 de fevereiro de 2014
    Para você cujo nome não tem coragem de revelar e se intitula de "EU": seu comentário foi, no mínimo, infeliz. Acidentes podem acontecer com qualquer pessoa. O Ser Supremo não protege uns e desprotege outros.
  2. Deoclaydson: 
    São Luís-MA - 11 de fevereiro de 2014
    Só pra nível de informação, ele ordenou-se padre em 15 dezembro de 2012 e não em 2013 como diz a reportagem.
  3. EU: 
    QUEIMADAS - 11 de fevereiro de 2014
    Não entendo mais nada deveria não acontecer isso por ser protegido pelo ser supremo não fique esperando alguem proteger se cuide quem puder...
veja também Ver todos »
A delegada Ana Cristina Carvalho e os peritos do Departamento de Polícia Técnica efetuaram o levantamento cadavérico.
De acordo com a delegada Marli Margarete Oliveira, da Delegacia Especial de Atendimento a Mulher de Periperi, Josenir nunca havia prestado uma queixa contra o marido.
O garoto e a vítima foram encaminhados para o Complexo de Policial de Barreiras. Ao ser ouvido, a vítima afirmou ter sido forçada a praticar os atos sexuais.