agricultura

sábado, 31 de maio de 2014 11:31

Famílias de Coité são beneficiadas com Crédito Fundiário em Tucano

O público do PNCF é composto por agricultores e agriculturas rurais sem-terra, na condição de diarista ou assalariado; arrendatários, parceiros, meeiros, agregados, posseiros e proprietários de terra cuja dimensão é inferior ao módulo rural.

familias de coité.2
Dezessete famílias naturais de Conceição do Coité, mais precisamente do Povoado de Almas, foram beneficiadas com o Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF) do Ministério do Desenvolvimento Agrário, por meio da Secretaria de Reordenamento Agrário e Central das Associações-CDA, que oferece condições para que os trabalhadores rurais sem terra ou com pouca terra possam comprar um imóvel rural por meio de um financiamento. Elas foram assentadas na Comunidade de Outeiro, município de Tucano.O projeto contemplou 19 famílias.

familias de coité.3

Com a chegada das famílias coiteenses na região, o aposentado Paulo Nascimento, 79 anos, disse ao CN que o povo do Outeiro foi descoberto e o progresso começou a chegar. “Estamos sendo beneficiados com cisternas, foram construídas moradias rurais digna, a gente vive e sonhamos com a energia”, falou Seu Paulo. Na região residiam 26 famílias, hoje com a implantação do Projeto Quererá, acrescenta mais 19, vai facilitar a chegada da energia, maior dificuldade do povo.

Toinho presidente da CDA

Toinho presidente da CDA

Para o presidente da CDA, Antonio Pimentel, a região era esquecida pelo município de Tucano, pois a cidade de Araci é bem mais perto e o povo nos dias de feiras-livres,procuram atendimento à saúde e educação em Araci. “Até mesmo para passarem os finais de semana, de forma alternada, no Povoado de Almas, em Coité, é bem mais perto”, lembrou Toinho, como é chamado o líder comunitário.

Os recursos do projeto são usados na estruturação da infraestrutura necessária para a produção e assistência técnica e extensão rural. Além da terra, o agricultor pode construir sua casa, preparar o solo, comprar implementos, ter acompanhamento técnico e o que mais for necessário para se desenvolver de forma independente e autônoma.

O público do PNCF é composto por agricultores e agriculturas rurais sem-terra, na condição de diarista ou assalariado; arrendatários, parceiros, meeiros, agregados, posseiros e proprietários de terra cuja dimensão é inferior ao módulo rural. O potencial beneficiário deve ter, no mínimo, cinco anos de experiência rural nos últimos 15 anos. O Programa prevê ainda ações de incentivo às mulheres, jovens e negros rurais contemplando ainda projetos especiais para o convívio com o semiárido e o meio-ambiente.

Redação CN



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.