politica

segunda-feira, 09 de junho de 2014 14:59

Apoio do PMDB a Dilma não está definido, afirma Geddel

Geddel discorda e voltou a afirmar que nada está decidido ressaltando que o apoio deve ser dado ao presidenciável Aécio Neves, em alinhamento com a candidatura oposicionista baiana.

Se o PT acredita que o PMDB já está na lista de apoios à reeleição da presidente Dilma Rousseff, pode estar enganado. É o que afirma o pré-candidato ao Senado, Geddel Vieira Lima (PMDB) à reportagem do Bocão News, na tarde deste domingo (8). Integrantes da legenda realizam uma convenção na próxima terça-feira (10), onde a aliança será concretizada. Ou não.

Segundo Geddel, governadores estão indefinidos, dificultando a unidade do partido. Na balança pendem para a oposição ao atual governo os peemedebistas de Pernambuco, Rio de Janeiro, Ceará, Rio Grande do Sul, além da Bahia. A indefinição é causada pelo vice-presidente da República, Michel Temer.

“O que dificulta é a relação pessoal que [Michel] Temer tem com os governos destes estados. A amizade acaba constrangendo muito a gente em um trabalho mais potencial. Mas minha decisão é muito clara e vamos debater isso na convenção”, completa Geddel.

Na convenção, os peemedebistas irão decidir pela renovação da aliança. Uma das principais lideranças do PMDB contrárias à manutenção da aliança com PT, o deputado federal Eduardo Cunha teria dito a interlocutores que, embora não concordem, os peemedebistas devem aprovar a parceria com Dilma Rousseff em 2014. O líder do PMDB na Câmara acredita que 55% dos correligionários vão votar a votar a favor da aliança na convenção.

Geddel discorda e voltou a afirmar que nada está decidido ressaltando que o apoio deve ser dado ao presidenciável Aécio Neves, em alinhamento com a candidatura oposicionista baiana.

Redação: CN*Informação: Bocão News



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.