brasil

sábado, 07 de junho de 2014 12:07

Fernandão, campeão mundial pelo Inter morre em queda de helicóptero no estado de Goiás

Além dele outras três pessoas morreram, inclusive um vereador.

Fernandão é mais um que se preparava para atuar na televisão durante a Copa. Seria comentarista do Sport TV

Fernandão é mais um que se preparava para atuar na televisão durante a Copa. Seria comentarista do Sport TV

O ex-atacante Fernandão morreu em um acidente de helicóptero na madrugada deste sábado (7), no interior de Goiás. Ídolo do internacional, o futebolista tinha 36 anos. De acordo com a Folha de S. Paulo, Fernandão estava acompanhado de mais quatro pessoas no momento do acidente – entre elas um vereador de Goiás. Não houve sobreviventes.

O ex-jogador tinha ido visitar a fazenda de um amigo na região de Aruanã, onde ele também tinha uma casa. “Eles tinham saído da fazenda de um amigo lá em Aruanã e o helicóptero caiu cerca de 15 km do local da decolagem”, disse o presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Francisco Noveletto, ao UOL. Com o choque, o helicóptero se partiu em dois.

helicoptero com fernadão

Fernandão foi a única vítima do acidente que chegou a ser retirada dos destroços com vida. Ele chegou a ser socorrido para um hospital da região, mas morreu durante o trajeto. Considerado um dos maiores ídolos do Internacional, ele liderou o clube na conquista da Libertadores e do Mundial de clubes de 2006, vencendo o Barcelona na ocasião.

Nascido em Goiânia, Fernandão também foi diretor técnico do Internacional em 2011, e treinador em 2012. Ele também autou no Goiás, São Paulo, Olympique de Marselha e o Toulose, na França, assim como o Al-Gharafa. O atacante se aposentou em 2011.

Recentemente, em maio, o ex-atacante atuava como comentarista esportivo e estava se preparando para fazer parte da equipe do SportTv durante a transmissão da Copa do Mundo.

Em uma nota oficial divulgada no site do clube, o Inter declarou luto pela morte do atleta. “O momento é de profundo pesar pela partida prematura do ídolo de 36 anos, mas o que fica são lembranças gloriosas de um atacante que honrou a camisa do Internacional com seu espírito de liderança, sendo um dos jogadores mais importantes dos 105 anos do Clube”, diz o comunicado.

Dilma lamenta e Porto Alegre decreta três dias de luto oficial pela morte do jogador

Durante visita a obras de Porto Alegre na manhã deste sábado (7), a presidente Dilma Rousseff lamentou a morte do ex-atacante Fernandão. “Lamento imensamente. [Fernandão] Foi um exemplo de caráter, além de um excelente jogador”, disse Dilma, que torce para o Internacional e para o Atlético-MG.

Pelo Twitter, a presidente também manifestou as suas condolências. “Fernandão deixará saudades”, publicou Dilma. Em nota, a Sporttv também lamentou a morte do ex-atacante. “É indescritível a dor e o sentimento de perda que toma conta de toda a equipe do canal neste momento”, diz o texto.

Ao lado da presidente Dilma na visita, o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati (PDT), afirmou que será decretado luto oficial de três dias na cidade devido à morte do jogador.

Assista abaixo ao vídeo em que Fernandão fala sobre sua carreira

Reportagem Correio24Horas



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.