fatos-policiais

domingo, 29 de junho de 2014 16:03

Polícia estoura rinha de galo e apresenta 32 pessoas a Delegacia de Jacobina

Todos foram ouvidos e liberados, quatro responderão inquérito.

A grande maioria foi liberada depois de ser ouvida.

A grande maioria foi liberada depois de ser ouvida.Quatro pessoas responderão inquérito.

Trinta de duas pessoas foram conduzidas ao complexo de Polícia de Jacobina após serem flagradas em uma rinha de galo na Zona Rural da cidade. 10 motocicletas e 28 galos também foram apreendidos e encaminhados a delegacia.

A rinha funcionava na fazenda Caveira, que fica em uma estrada vicinal que liga as comunidades do Junco, município de Jacobina e Pedras Altas, município de Capim Grosso.

Segundo o delegado Humberto Marino, a operação foi desencadeada após uma denúncia anônima, e realizada pela PM, com apoio da Guarda Municipal, SMTT e Secretaria de Meio Ambiente de Jacobina. Dr Humberto informou ainda que foi lavrado um termo circunstanciado de ocorrência com base no artigo 32 da Lei 9.605/98, e das 32 pessoas conduzidas, apenas quatro responderão a inquérito. O dono da rinha e outros três que confessaram serem donos de galos de briga. Eles foram ouvidos pela autoridade policial e liberadas em seguida.Os indiciados estão sujeitos a pena de 3 meses a um ano de detenção mais multa. O restante das pessoas foram liberadas pelo delegado. Era tanta gente que foi necessário um ônibus para realizar o transporte até o distrito do Junco onde residem.

Veículos apreendidos no local

Veículos apreendidos no local

As motocicletas apreendidas ficaram sob a responsabilidade do SMTT. Segundo o diretor Vagne Melkart, as motos foram encaminhadas a sede do órgão onde ficarão até esta segunda -feira. As que tiverem com documentação em dia serão liberadas, as que tiverem com pendências documentais serão encaminhadas a ao pátio da 20ª CIRETRAN. Se porventura algum veículo apresentar indícios de adulteração ou restrição de furto/roubo, será apresentada na delegacia da cidade.

Vários animais estavam feridos e debilitados.

Vários animais estavam feridos e debilitados.

Os animais apreendidos estão sob responsabilidade da secretaria de meio ambiente, e ficaram na custódia de um fiel depositário, em uma propriedade rural da cidade. Segundo o técnico ambiental Geovaldo Almeida, muitos animais estavam bastante feridos e precisarão de cuidados especiais e medicação para se recuperarem dos ferimentos.

Informações de Emerson Rocha / Bahia Acontece



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.