bahia

segunda-feira, 02 de junho de 2014 14:21

Trabalhadores Rurais de Ichu, Candeal e Tanquinho fazem protesto no INSS reivindicando o atendimento de Médico Perito

Cerca de 200 agricultores estão no aguardo para realização da perícia.

inss - ichu

Dezenas de trabalhadores Rurais dos municípios de Ichu, Candeal e Tanquinho realizaram nesta segunda-feira, 02 de junho, um protesto pacífico na sede da Agência do INSS em Ichu com o objetivo de reivindicar o atendimento do Médico Perito que não vem acontecendo desde janeiro deste ano.

Cristiana Brito (no destaque)

Cristiana Brito (no destaque)

Conforme a presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Agricultores de Ichu, Cristiana Brito, só neste município existem 39 trabalhadores precisando de perícia e em conjunto com Candeal e Tanquinho o número chega a quase 200.

Cristiana ressaltou em outubro do ano passado a Agência do INSS de Ichu foi entregue totalmente reformada tendo inclusive a criação de uma sala específica para perícia, mas infelizmente os profissionais deste serviço nunca apareceram.

A presidente destacou também que já tentaram por várias vezes falar com Hildete Farias que é a gerente executiva do INSS de Feira de Santana, só que não obtiveram êxito.

Cácia Cedraz e Paulo Roberto

Cácia Cedraz e Paulo Roberto

Os trabalhadores tomaram as dependências da agência da Previdência Social e assim conversaram com Cácia Cedraz (gerente local) e Paulo Roberto (assistente) e na oportunidade foi entregue um documento reivindicatório. Cácia reconheceu a situação e disse que entraria em pcontato com Hildete Farias enviando o documento reivindicatório. A gerente ressaltou que o agendamento do médico perito não depende de Ichu e sim de Feira de Santana.

Os trabalhadores continuaram realizando o protesto com apitos, panelas, pandeiros e com o grito de guerra esperando uma resposta positiva.

No momento a informação é que a Chefe Executiva em Feira solicitou a relação das pessoas que precisam da perícia e que está sendo levantada uma data para que o médico se dirija até Ichu.

Cácia Cedraz informou que normalmente um médico realiza 15 perícias por dia, mas caso a Gerência Regional decida por um mutirão é provável que este número aumente.

 Por: André Luiz – AL Notícias



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.