politica

terça-feira, 23 de setembro de 2014 16:21

Eleições 2014 – Zé Paulo garante mandato em defesa dos agricultores familiares e do cooperativismo

Sobre a campanha, Zé Paulo disse estar muito confiante e vem discutindo estes projetos com sua base e todos sentem a necessidade de uma representação na Assembleia Legislativa.

Eventos ligados ao cooperativismo tem sempre Zé Paulo, como a inauguração da ASCOOB Sisal em Serrinha recentemente.

Eventos ligados ao cooperativismo tem sempre Zé Paulo (de branco), como a inauguração da ASCOOB Sisal em Serrinha recentemente.

Tendo como proposta principal da candidatura a deputado estadual fomentar a agricultura familiar e fortalecer os pequenos negócios no interior da Bahia para impulsionar a economia local com a geração de emprego e renda, o líder cooperativista José Paulo Crisóstomo Ferreira (PT), mais conhecido por Zé Paulo, tem realizado uma série de visitas as associações comunitárias e cooperativas para divulgar sua candidatura a deputado estadual pelo Partido do Trabalhadores. Em recente visita aos municípios de Nordestina, Cansanção, Monte Santo, Quijingue e Euclides da Cunha, acompanhando o candidato a governador Rui Costa (PT), Zé Paulo falou ao CN que a Bahia é o estado com maior número de estabelecimentos familiares de todo o País, 15,2% do total e necessita ampliar o bloco de parlamentares que defenda esta causa e colocou seu nome para apreciação popular por entender que está preparado para exercer um mandato nesta linha.

Zé Paulo presente em todos eventos da chapa majoritária.

Zé Paulo presente em todos eventos da chapa majoritária.

“Pretendo fortalecer as associações, as cooperativas de crédito e de produção, pois assim fazendo estaremos ajudando na geração de renda da região”, falou Zé Paulo. Sobre a campanha, ele disse que está entusiasmado com a aceitação, tem visitado muitos municípios no interior do estado e tendo boas adesões, numa demonstração de vitória.

Ele disse que sua principal base é o território do sisal, mas está com apoiadores em todos os territórios e nas viagens com a chapa majoritária tem conversado muito com o candidato a governador Rui Costa sobre o Programa de Governo Participativo (PGP) 2014 e seus compromissos com as propostas dos movimentos do campo é de classe cujas ações foram descritas e fazem parte do seu programa de governo.

Zé Paulo disse também que estará à disposição da Fetraf, Fetag, MST, MLT, MLST, IRPA, CODES, SISAL, CETA, MSPB, Fórum Baiano da Agricultura Familiar, comunidades de fundo e fecho de pasto, indígenas e quilombolas, entidades que representaram as famílias que vivem da produção na zona rural da Bahia.

Ele participou por mais de 50 dias que discutiram as propostas que foram apresentadas à chapa de Rui Costa e dentre as ações consolidadas no texto estão o acesso à terra, a implantação de empreendimentos econômicos solidários, a ampliação do sistema de educação rural, a ampliação de energia para as agroindústrias, telefonia e internet no campo.

Sobre a campanha, Zé Paulo disse estar muito confiante e vem discutindo estes projetos com sua base e todos sentem a necessidade de uma representação na Assembleia Legislativa. Na passagem por Nordestina, Zé Paulo conversou com Rosilda Alves da Silva, presidente do Sindicato dos Trabalhadores e das Trabalhadoras Rurais, sobre a reta final de campanha e lembrou o apoio que está recebendo de Silvana Santana da Silva Souza do PCdoB.

“Nossa presença nesta caravana é para fortalecer esse projeto iniciado em 2002 e prestigiar as nossas bases. Além de Nordestina, contamos com o apoio de Júnior da UAPAC, representantes de 90 associações comunitária de Queimadas, dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Monte Santo e, por fim, em Quijingue, José Carlos, presidente do STR, juntamente com o vereador Edilson Nascimento (PT), e com o suplente Carlinhos”, concluiu Zé Paulo.



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.