bahia

sexta-feira, 19 de setembro de 2014 18:32

Homem que teve as mãos decepadas acusados de roubo de bode nega crime

Vítima disse em depoimento que não entrou na propriedade alheia e nem furtou nenhum animal

Esposa lamentou situação do marido que não vai mais poder trabalhar de pedreiro.

Esposa lamentou situação do marido que não vai mais poder trabalhar de pedreiro.

O pedreiro que teve as mãos decepadas por um fazendeiro na cidade de Pilão Arcado, a cerca de 700 quilômetros de Salvador, negou a acusação de que ele havia roubado ovelhas. Josemar Ferreira de Souza, 32 anos, alega que estava perto da fazenda do agressor para colher esterco, que seria usado para plantar hortaliças, mas em nenhum momento entrou na propriedade.

Ele prestou depoimento ao delegado titular da cidade, Arnóbio Dionísio Soares ainda internado no Hospital Universitário de Petrolina (Hospital de Traumas), em Pernambuco. Impossibilitado de assinar, sua versão do caso precisou ser gravada em vídeo. Ele recebeu alta médica na manhã desta quarta-feira (17).

De acordo com o delegado, Josemar não tinha passagens pela polícia. A esposa dele prestou depoimento na delegacia da cidade e lamentou a perda dos membros do marido: “Agora ele não vai poder mais trabalhar como pedreiro”, disse Soares.

Segundo o delegado, Norberto da Silva Moraes, de 42 anos, deve responder por tentativa de homicídio: “pelo motivo fútil, cruel e sem possibilidade de defesa da vítima”, ressalta o delegado. O fazendeiro foi preso em flagrante e segue detido na delegacia de Pilão Arcado.

CORREIO



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.