bahia

sexta-feira, 12 de setembro de 2014 09:30

MST tem 48 horas para deixar fazenda em Conceição do Coité

A Fazenda é considerada produtiva depois de vistoriada pelos órgãos competentes.

sem terra - itarerú 1

O Movimento Sem Terra (MST) que ocupou a fazenda Marruais, em Conceição do Coité, região sisaleira, deve deixar o local. A determinação foi feita pela desembargadora Regina Helena Ramos Reis, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). Publicada quinta-feira (11), a decisão estabelece a saída dos sem-terras em um prazo de 48 horas sob multa de R$ 10 mil em caso de descumprimento.

MST esteve reunido com o Juiz da Comarca, advogados e o proprietários da fazenda.

MST esteve reunido com o Juiz da Comarca, advogados e o proprietários da fazenda.

De acordo com o laudo de 1999 do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), a fazenda é considerada produtiva e de média propriedade, o que a classifica como “insuscetível” de desapropriação. O MST, contudo, questiona o documento do Incra e pede nova vistoria do órgão na propriedade.

A fazenda foi ocupada pela primeira vez em janeiro e, em reunião entre juiz e Incra, foi determinado que o espaço não poderia ser utilizado para reforma agrária. Ameaçados pelos empregados, porém, os sem-terra foram embora. Em junho, contudo, a propriedade voltou a ser ocupada.

Informações Bahia Noticias / fotos: arquivo Raimundo Mascarenhas  



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.